PP inova na estratégia e monta chapa competitiva de estadual
   16 de outubro de 2013   │     23:53  │  0

O senador Benedito de Lira não quer apenas a vaga que hoje pertence a Téo Vilela. O seu partido, o PP, terá uma chapa competitiva para a Assembleia Legislativa, capaz de fazer frente ao PMDB, que apresentou até o momento a chapa mais forte de deputado estadual.

Nas últimas semanas a chapa foi montada com a participação do deputado federal Arthur Lyra e alguns assessores e só depois de encerrado o para envio da lista de novos filiados para o TRE é que parte da lista foi “liberada”.

Além de nomes que já fazem parte da base do PP, como os vereadores de Maceió Chico Filho e Fátima Santiago, que devem concorrer a estadual e do ex-vereador Chico Holanda que sai para federal, o partido apostou pesado em lideranças municipais.

A estratégia do partido foi buscar a segunda força onde não foi possível fechar com o grupo mais forte.

Assim surgem nomes conhecidos no meio político que devem disputar uma vaga para a Assembleia Legislativa pelo PP em 2014. É o caso de Cacalo, Julio Houly em Arapiraca, Enéas Gama, em Coruripe, Junior Dâmaso em Marechal Deodoro, Ângela Garrote em Estrela de Alagoas, Palmery em Cajueiro, Fernando Sérgio Lyra em Maragogi, Washington em Matriz do Camaragibe, Everaldo de Novo Lino entre outros nomes.

“É uma  chapa competitiva, forte, que vai para a disputa para fazer uma das maiores bancadas da Assembleia. Além desses teremos outros nomes, todos com mesmo potencial”, adianta Arthur Lyra.

A definição de coligação – uma tendência do PP – será feita somente no próximo ano, embora a tendência seja uma aproximação com PSD, PR e SDD.