JHC: pelo regimento volta mesa diretora da ALE é inadmissível
   9 de dezembro de 2013   │     21:21  │  2

Para o deputado estadual João Henrique Caldas, SDD, o regimento interno do Poder Legislativo de Alagoas está sendo descumprido grosseiramente na  questão que envolve o afastamento e a volta da mesa diretora da Assembleia Legislativa.

“O regime diz que em caso de vacância do cargo a eleição da nova mesa deve ser convocada dentro de cinco dias e realizada com 15 dias. O eleitos, independente de qualquer questão, deverão continuar nas funções até o final da mandato da mesa”, aponta.

Para JHC, bastaria o cumprimento do regimento para por um ponto final na crise que afeta o Legislativo. “Existem várias maneiras de resolver essa crise de credibilidade institucional. A pior delas, sem dúvidas, é esperar uma decisão da Justiça, que certamente, depois da ação de  improbidade impetrada pelo Ministério Público Estadual certamente será afastamento dos deputado não são dos cargos na mesa, mas também de seus mandatos”, aponta.

A seguir reprodução de trechos do regimento enviados por JHC:

regimento regimento1

Espelho da folha

Quanto as medidas da mesa diretora interina – que revelou, na semana passada, o extrato da conta da ALE na Caixa – JHC diz que elas não terão valor enquanto não for divulgado o “espelho da folha”. Para o deputado, a Casa só terá transparência quando a mesa diretora decidir publicar os nomes  de todos os servidores e quanto cada um recebe a cada m~es, se eles recebem ou não GDE.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.