“Aperto” de Nonô na SDS ajudou a resolver casos de violência esta semana
   12 de dezembro de 2013   │     17:30  │  1

 O governador interino cumpre, até amanhã, a  agenda que ele já batizou de 8 às 8. Começa no café da manhã e só para no jantar. Nesse período José Thomaz Nonô conversou com todos os secretários, deu várias entrevistas e imprimiu um estilo próprio no governo.

Para ele a semana começou difícil, com notícias que mostram o aumento do número de homicídios em Alagoas e casos de grande repercussão, a exemplo do assassinato brutal de um policial no interior.

Para todos os males, os mesmos remédios: “inventivo” e “aperto”. Foram várias reuniões com a cúpula da SDS desde a última segunda-feira. Nonô cobrou pessoalmente a resolução de todos os casos ocorridos na semana. “Deu resultado. Os responsáveis foram presos em alguns casos e nos outros eles serão presos logo logo”, adianta.

Para melhorar a sensação de segurança em bairros onde a violência é maior, Nonô determinou a realização de operações com o  objetivo de mostrar a presença da polícia. A primeira operação acontece nesta quinta-feira a tarde, na Chã de Jaqueira, e continua amanhã em outros bairros de Maceió e em cidades do interior, especialmente cidades como Atalaia e Rio Largo  que registraram aumento de insegurança nas últimas semanas.

“É fundamental a presença ostensiva da polícia. Nós conversamos muito sobre isso esta semana e existe um entendimento de que é preciso realizar grandes operações, mostrando a força policial, como forma de coibir os bandidos. Quando a polícia realiza operações de grande presença em determinada localidade, a criminalidade diminui de imediato”, pondera.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.