Renan diz que Renan Filho é o “novo” na eleição de 2014
   16 de dezembro de 2013   │     14:00  │  6

Renan Calheiros, como se sabe, participou de entrevista coletiva nesta segunda-feira, 16, no Ritz Lagoa da Anta. Durante uma hora e meia ele falou muito, mas na prática não disse nada que não se soubesse.

Nas entrelinhas, no entanto, o presidente do Senado deixou transparecer que está cada vez mais distante a possibilidade de ser o candidato ao governo. A tarefa, ao que tudo indica, caberá ao deputado federal Renan Filho.

De todos os candidatos possíveis do PMDB citados por Renan Calheiros – além dele e do filho, Luciano Barbosa e José Wanderley – o deputado federal reúne hoje, na avaliação dos seus “estrategistas” as melhores condições, por ser mais conhecido em todo o estado, ter apoio de um maior número de prefeitos e por aí vai.

Ao falar de Luciano e Renan Filho que tem hoje desempenho menor do que ele nas pesquisas, Renan Calheiros ponderou: “Eles podem no desdobramento, na campanha, ter um crescimento superior ao crescimento que eu teria. Essas coisas não serão respondidas agora. Vamos ter mais três ou quatro meses pela frente”, aponta.

Pode não ser uma estratégia ou mote de campanha, mas parece. Ao falar do filho, Renan pontou: “Renan Filho significará o novo na eleição, levará apesar da juventude, experiência  administrativa para o debate eleitoral”

Novo de novo?

Renanzinho passaria a ser a alternativa de renovação política e que só não foi usada contra Rui Palmeira – que adotou o “novo” como estratégia de campanha em 2012 – porque o julgamento da candidatura de Ronaldo Lessa no TSE demorou muito.
Anote: como RF será o provável candidato do PMDB ao governo corremos risco de ver os marqueteiros propondo o de novo o “novo”, desta vez para governador.

Preparado para tudo

Outro detalhe que chamou a atenção. Renan Calheiros disse que pretende repetir nas eleições estaduais de Alagoas a aliança política que dá sustentação a presidente Dilma Rousseff. Nesse caso o candidato a Senado seria  Fernando Collor, que teve sua popularidade e trabalho reconhecidos por Renan Calheiros: “o Collor tem feito um grande trabalho como senador e é muito  bem avaliado nas pesquisas”, disse.

De cara ele avisou que o a aliança com o PT “é natural” e disse, ao ser “provocado” que se não for possível fechar a aliança com outros partidos, o PMDB lançará um candidato ao Senado, que será Luciano Barbosa.

E porque Renan Calheiros disse isso? Porque sabe que muitos líderes políticos que estão na base de Dilma Rousseff concordam com sua candidatura, mas não fechariam com Renan Filho.

Pelo visto o desafio do senador nos próximos meses será convencer os outros partidos de que Renan Filho é o melhor candidato. Se a estratégia não der certo sabe-se lá o que vai acontecer.

COMENTÁRIOS
6

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. FIRMINO

    DIZEM QUE UNS NASCEM PARA GOVERNAR E OUTROS PARA SEREM GOVERNADOS. ASSIM, O “NOVO” VEM CUMPRIR O SEU DESTINO DE VAQUEIRO E O POVO ALAGOANO,RESIGNADAMENTE, VAI CUMPRIR O SEU PAPEL: O DE BOIADA.

  2. Dorgival Silva

    Renan Filho perderia a eleição e eles sabem disso… Vão relutar muito e no fim verão que a única alternativa é entregar o estado nas mãos do povo através do popular Ciço. Sem teorias e achismos, mudou Maceió, vai mudar Alagoas.

  3. José Cláudio

    É notável o trabalho de Collor no senado, por isso Renan reconhece e acredita na possível candidatura de Collor. As estratégias para as eleições por enquanto são apenas possibilidades, caso Renan opte por lançar o filho certamente as parcerias e apoios serão de acordo com cenário

  4. Rebeca Lyra Chaves

    Renan ao apostar em Collor novamente para o senado sabe que só tem a ganhar, pois seu trabalho tem sido muito bem executado no senado. Já em relação a candidatura de Renan Filho pode ser que fortaleça ainda mais a campanha, pois o novo sempre agregar nas eleições.

  5. Nando Serra

    De fato o Senador Collor é a melhor opção para representar Alagoas no Senado, ele tem trabalhado ativamente para conseguir para o Estado. Achei muito pertinente essa observação do Renan Calheiros.

  6. PMAL RP

    O grande mal de Aladroas, sobrenomes malditos… Alagoas, a eterna capitania hereditária de um povo beste e merecedor dos males que a assola.

Comments are closed.