Governador faz reunião de emergência e deve anunciar medidas para conter crise na segurança
   20 de dezembro de 2013   │     16:45  │  1

A agenda do governador Teotonio Vilela Filho foi completamente mudada nesta sexta-feira por conta da crise na área de segurança. Apesar da expectativa dele e de sua equipe, a operação padrão dos militares continua, mesmo depois do governo ter fechado um acordo como a categoria.

Pela manhã o governador deveria se encontrar, na sede do Sindaçúar-AL, com o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang e sua equipe. A agenda foi cancelada porque Téo Vilela teve várias reuniões no palácio dos Palmares para tentar contornar a crise na segurança que está deixando todos os alagoanos intranquilos.

Nesse momento o governador participa de uma reunião com deputados estaduais para discutir o pedido de suplementação feito pela Assembleia Legislativa. Sem caixa para fazer pagamento do 13º e do salário de dezembro, a mesa diretora provisória recorreu ao governo. Por enquanto há perspectivas de suplementação, apenas de adiantamento.

Anda hoje será realizada uma reunião com todos os secretários. A convocação já foi feita pela assessoria do governador. Não existe pauta definida. A expectativa é de que no encontro o governador anuncie novas medidas na área de segurança. Se espera de tudo. É possível desde mudanças no comando da segurança até medidas de reforço no policiamento com a ajuda de forças federais.

“Ainda não sei qual a pauta da reunião. Assim que tiver uma posição comunicarei a todos vocês da imprensa”, adianta o secretário de Comunicação, Keylle Lima.

O secretário aproveitou para informar que fez uma postagem na sua página pessoal no facebook sobre a operação padrão e a onda de boados espalhada pela cidade.
Keylle Lima diz que não há motivos para terror: “normalmente não gosto de me pronunciar pelo facebook sobre as questões de trabalho, mas neste momento é preciso. Como Secretário de Estado tenho acompanhado cada passo dessa “operação padrão” da PM e CB. Afirmo, sem tergiversar, que o Governador Teotonio Vilela Filho tem feito, de uma forma muito democrática e firme, as demandas na área da segurança pública. Essa tentativa de implantar o terror na população em nada ajuda ao nosso Estado. Façamos a nossa parte que, no meu entendimento, é dar mais valor os nossos pontos positivos que os negativos. Faço esse depoimento, sem viés político ou partidário, mas como um cidadão. Não há motivos para o terror!”.

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. MARCELO

    Amigo, acho que lhe informaram errado. A reunião com todos os secretarios é na verdade, uma festa de confraternização entre eles, de fim de ano. Lhe asseguro. Não existe problemas para eles. É fim de ano. Cheque a informação.

Comments are closed.