Preparativos: governador se reúne com comandante do Exército no Nordeste
   24 de dezembro de 2013   │     12:44  │  14

Governador reúne com comandante do Exército no Nordeste e discute reforço das forças armadas na segurança de AL
O governador Teotonio Vilela Filho acertou detalhes para a possível (ou provável?) utilização de tropas do Exército no reforço da segurança em Alagoas durante reunião realizada na noite desta segunda-feira, 23.

Durante encontro realizado no Palácio dos Palmares o comandante do Exército no Nordeste, o governador acertou como será transferido, se necessário, o comando da segurança em Alagoas para as Forças Armadas.

O governado continua repetindo que só usará o Exército se não chegar a um entendimento com os militares. Esse seria segundo Téo Vilela e seus assessores, o último recursos.O governo aposta no entendimento com os militares, que seguem, ainda que parcialmente, com a operação padrão – movimento que esvazia o policiamento nas ruas de Maceió e outros grandes centros urbanos de Alagoas.

A visita foi registrada por Téo Vilela na sua página pessoal no Facebook:”Eu recebi ontem à noite a visita do General De Souza, comandante do Exército no Nordeste, onde discutimos a logística e a operacionalidade da vinda do Exército para garantir a segurança em Alagoas, caso haja necessidade. Espero que não seja preciso, mas não deixarei a população sem proteção”.

COMENTÁRIOS
14

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. JAQUES JACINTO BRANCO

    Sou um cidadão alagoano da gema, pago meus impostos rigorosamente em dia. Em meus vencimentos o Governo Federal tributa mensalmente 27,5% e o Governo Estadual abocanha outros 11%, é difícil saber para onde é destinados este montante arrecadados. A mídia nacional divulga escândalos financeiros envolvendo GESTORES PUBLICOS multiplicando seus patrimônios e engordando suas CONTAS BANCÁRIAS EM PARAISOS FISCAIS. E os ser viços essenciais Saúde, Educação, Segurança e Geração de emprego e renda com índices de fazer vergonha perante a comunidade internacional. Aqui em Alagoas neste ultimo ano de governo o nós presenciamos é Secretários de Estado manuseando cifras milionárias de recursos federais, sem resolver os problemas de suas Pastas, hoje deixam seus cargos para candidatar a cargos eletivos nas próximas eleições de outubro/2014, pessoas que estão ricos através de manejo dos recursos públicos e são também laranjas deste governo TÉO-NONÔ. Já Está na hora dos órgãos fiscalizadores MPF, MPE, TCU, TCE, CGU, Policia Federal começar a instigar todos os Gestores e Secretários de Estado que estão deixando os cargos. Eu como pagador de minhas obrigações tributaria tenho o DIREITO, OBRIGAÇÃO e DEVER de me manifestar diante desta roubalheira que acontece em meu Estado diante dos olhos da MIDIA.

  2. alagoano verdadeiro

    quero deixar bem claro pra sociedade que esse descaso esta acontecendo tudo culpa do governo, está com 7 anos que nós estamos lutando por esse realinhamento e ele vem fazendo a gente de palhaço, nunca se viu isso em outros estados convocar o exercito para tomar conta da segurança de nosso estado, mostra que ele não quer negociar e não tem compromisso com nós pais de família, e quem sofre é a sociedade com tudo isso. agora fica querendo dá uma de joão sem braço, mais o povo sabe onde estar a verdade. o exercito é preparado para guerra,e não fazer abordagem em geral como também fazer boletins de ocorrências TCO e arrolar testemunhas como também levantamentos em casos de crimes, tudo isso é competência da polícia e não do exercito, ou ele não sabe disso. acrda governador enquanto é cedo.

  3. JAQUES JACINTO BRANCO

    São poucos os Exércitos no mundo que estão preparados para atuarem numa GUERRILHA URBANA, existem alguns fatores que posso citar: 1) Os Militares desta Força Federal tem que conhecer 100% da área de atuação; 2) Num confronte direto com o oponente oculto, tem que dar prioridade em salvar vidas humanas, porque o delinquente está misturado com a população civil; 3) As armas utilizadas nunca poderão ser as mesmas utilizadas nas GUERRAS CONVENCIONAIS, porque estará na eminência de acontecer uma CARNIFICINA; etc. Já trabalhei durante 02 (dois) anos 1995/1996 em Missão da ONU, num país em GUERRA CIVIL, (GUATEMALA) por 36 anos de combates. Minha missão era INVESTIGAR crimes e violações de Direitos Humanos de toda natureza, praticados pelo EXÉRCITO, GUERRILHA e a POLÍCIA contra a população civil. Tenho conhecimento de causa, por isso que afirmo: e Exercito Brasileiro não está preparado para atuar no combate a delinquência. O criminoso de hoje, tem técnica, inteligência e confronta o oponente (Agente do Estado) porque não encontrará uma reação a altura, não reagirá com a mesma intensidade e resposta porque existe a vulnerabilidade da população civil, além de um aparato de leis que vai aniquilar de vez qualquer ação dos COMBATENTES representante do Estado. Para se manter a LEI e a ORDEM, certamente e infelizmente custará vidas de inocentes. Balas perdidas causará estragos irreparáveis e poderá enfurecer a população fazendo com ela fique contra a presença das FORÇAS DE SEGURANÇAS seja ela Estadual ou Federal. A despreparação do EB pode-se ver na própria Guarda no entorno do Quartel do Exército (Farol), os Militares usam cassetetes ao invés do Fuzil FAL, porque é uma área URBANA e seu uso poderá causar um MORTES DE INOCENTES (incidentes) em qualquer confronto com marginais.

    1. JAQUES JACINTO BRANCO

      São poucos os Exércitos no mundo que estão preparados para atuarem numa GUERRILHA URBANA, existem alguns fatores que posso citar: 1) Os Militares desta Força Federal tem que conhecer 100% da área de atuação; 2) Num confronte direto com o oponente oculto, tem que dar prioridade em salvar vidas humanas, porque o delinquente está misturado com a população civil; 3) As armas utilizadas nunca poderão ser as mesmas utilizadas nas GUERRAS CONVENCIONAIS, porque estará na eminência de acontecer uma CARNIFICINA; etc. Já trabalhei durante 02 (dois) anos 1995/1996 em Missão da ONU, num país em GUERRA CIVIL, (GUATEMALA) por 36 anos de combates. Minha missão era INVESTIGAR crimes e violações de Direitos Humanos de toda natureza, praticados pelo EXÉRCITO, GUERRILHA e a POLÍCIA contra a população civil. Tenho conhecimento de causa, por isso que afirmo: e Exercito Brasileiro não está preparado para atuar no combate a delinquência. O criminoso de hoje, tem técnica, inteligência e confronta o oponente (Agente do Estado) porque não encontrará uma reação a altura, não reagirá com a mesma intensidade e resposta porque existe a vulnerabilidade da população civil, além de um aparato de leis que vai aniquilar de vez qualquer ação dos COMBATENTES representante do Estado. Para se manter a LEI e a ORDEM, certamente e infelizmente custará vidas de inocentes. Balas perdidas causará estragos irreparáveis e poderá enfurecer a população fazendo com ela fique contra a presença das FORÇAS DE SEGURANÇAS seja ela Estadual ou Federal. A despreparação do EB pode-se ver na própria Guarda no entorno do Quartel do Exército (Farol), os Militares usam cassetetes ao invés do Fuzil FAL, porque é uma área URBANA e seu uso poderá causar um MORTES DE INOCENTES (incidentes) em qualquer confronto com marginais. O Policial Militar com 10 anos de atividades Operacionais Policiais já tem a experiências pra ter a intuição de saber quando um indivíduo anônimo é MALAQUIA para se prevenir qualquer ação suspeita.
      .

    1. JAQUES JACINTO BRANCO

      Vamos exemplificar como o Governo do Chile Administra a Gestão do serviços essenciais, SAÚDE, EDUCAÇÃO e SEGURANÇA: A saúde é atribuição dos MUNICÍPIOS, o Governo Central repassa os recursos para que cada Prefeitura Gerenciar e a população também fiscaliza cada centavo que se gasto e os serviços são de excelente qualidade. O Governo DEPARTAMENTAL (Estadual) é encarregado pela EDUCAÇÃO, que Gerencia todos os recursos para todos os níveis Infantil, Fundamental, Médio e Superior e um colegiado de órgãos fiscalizam os gastos e acompanham a formação. A SEGURANÇA PUBLICA e a SEGURANÇA NACIONAL é competência do Governo Central, desde a era PINOCHE e até hoje o Chile tem um PIB e IDH de se fazer inveja a muitos países europeus. Para nós atingir este patamar é preciso fazer uma reforma gigantesca na estrutura organizacional do Pacto Federativo Brasileiro, talvez o Brasil se consiga resolver a questão macrossocial. Quanto à proliferação e consumo de DROGAS não é mais um caso de POLICÍA, a responsabilidades é de todos, começando pela própria FAMILIA, até chegar no CONGRESSO NACIONAL e no GOVERNO. (Políticas publicas deve acontecer passo a passo).

  4. Amâncio

    Caso haja necessidade? Acorde governador bosta! Quer usar a tal vinda das forças armadas para chantagear a PM. Tenha vergonha, Alagoas está um caos.

  5. Cabo

    Com isso o DESGOVERNADOR demonstra claramente
    que não aceitará as reinvidicações dos nossos valorosos Policiais Militares e Bombeiros Militares. Ao invés de buscar soluções para os problemas de nossa classe, ele prefere tapar o sol com a peneira, trazendo o exército para brincar de policia nas perigosas ruas de Alagoas! Preparem-se companheiros! Pois tenho a impressão que não teremos boas notícias vindas do “palácio de cristal” na próxima quinta-feira!

  6. ROBERTO SANTOS

    SR. GOVERNADOR E EQUIPE: TENHAM VERGONHA DE MENTIR TANTO, NÃO ADIANTA TENTAR ENGANAR A IMPRENSA E A SOCIEDADE, QUAIS SÃO OS TÓPICOS QUE O SR. DIVUGA TANTO QUE JÁ ATENDEU? PARE DE BRINCAR COM COISA SÉRIA. O SR.ESTÁ COM UM BARRIO DE PÓLVORA NA MÃO E AINDA ESTÁ DUVIDANDO DO FOGO PRÓXIMO A ELE. NÃO INFLAME E TENHA CORAGEM E RESPONSABILIDADE PARA RESOLVER. A POPULAÇÃO E SEUS ELEITORES AGRADECEM.

  7. jose antonio dos santos

    O que quis dizer o Senador Benedito de Lyra, quando convidado para o almoço do chamado aliados de Dilma, ” não faço negociatas, faço acordo politico”. Quem acredita nessa figura que se elegeu com os votos de uma maioria de otários e bestas de Alagoas!.

  8. Ricardo Líder Comunitário

    SE A POPULAÇÃO PRECISA DE MAIS E MAIS PROTEÇÃO QUE VENHA O EXÉRCITO E DAÍ; O POVO DE ALAGOAS NÃO TÁ PREOCUPADO COM COPA DO MUNDO NÃO MEU AMIGO, ATÉ PORQUE SOMENTE QUEM USUFRUI DOS BENEFÍCIOS DO EVENTO SÃO OS ABASTADOS, ORA.

  9. luciana Sarmento

    Carlos Burity,esse nome não me é estranho,ele tentou ou foi blogueiro,e depois candidato a candidato sem muito sucesso,amigo Burity,nós já tivemos um general à frente da secretaria de segurança, era o Sá Rocha,também sem muito sucesso,depois a população exigiu uma intervenção federal,foi mandado, também sem muito sucesso, o coronel Rubim,da polícia federal,que tal pedir agora a Papai Noel,um pouco mais de vergonha aos nossos governantes,e um pouco mais de empenho e respeito aos nossos militares,para que tenhamos todos um final de ano feliz,e por falar em natal feliz,um feliz natal pra você e um próspero ano novo,extensivo a todos os seus,e ao Edivaldo júnior,jornalista atento,competente e imparcial.

  10. steve

    Alagoas é sub sede da copa.
    Se o governador não tiver um entendimento com os PMs a notícia vai tomar âmbito internacional.
    E agora DILMA.

  11. Carlos Burity

    Querido Papai Noel traga urgente para nós o Exército porque somente assim, mostraremos para Brasília a nossa verdadeira realidade!! Precisamos de um General vendo de perto e repassando para a Capital os desmandos e falta de transparência nos mais de 200 milhões enviados a Segurança! INTERVENÇÃO FEDERAL JÁ!!!!!

Comments are closed.