FHC vem a Maceió pedir que Vilela desista de desistir
   10 de janeiro de 2014   │     13:48  │  3

Téo Vilela desistiu de sair candidato ao Senado em caráter irrevogável. Ao menos foi o que ele assegurou ao vice, José Thomaz Nonô, aos amigos e assessores mais próximos. E todos acreditaram na decisão do governador, tanto que hoje existe uma mobilização nacional entre os tucanos para tentar convencê-lo a desistir da desistência.

O vice teve uma longa conversa ontem com Aécio Neves. O pré-candidato tucano à presidência revelou à Nonô que está preocupado não apenas com a falta de palanque, mas também com o futuro do PSDB em Alagoas. A decisão de Vilela poderia “pulverizar” o partido no estado.

A preocupação é tamanha que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso está chegando a Maceió para tentar demover Téo Vilela da decisão de não disputar o Senado este ano.

“O ex-presidente  FHC está desembarcando em Maceió para falar com o governador especificamente sobre  esta questão”, acaba de me confirmar um dos mais próximos assessores de Téo Vilela.

O governador, no entanto, segue espalhando aos quatro ventos que fica no governo até dezembro.

Pelo Facebook ele avisou:  “Hoje eu estive nas rádios Difusora e Jovem Pan e na TV Alagas. Fui, mais uma vez, prestar contas do meu governo ao povo alagoano, por meio desses veículos de Comunicação. Conversei com os comunicadores Oscar de Melo, Antônio Guimarães e Siqueira Júnior. Disse a eles, aos alagoanos, que cumpro meu mandato até o final para honrar todos os compromissos assumidos com o nosso Estado. Muito já fizemos, ainda faremos mais. É por isso que continuo no governo, de mangas arregaçadas, trabalhando pela consolidação do desenvolvimento e pela melhoria da qualidade de vida em nossa Alagoas”.

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. JAQUES JACINTO BRANCO

    Nem todos os eleitores tem memoria curta, quem não se lembra que durante o mandato do Presidente FHC, que durou 08(oito) anos, o então Senador Teotônio Vilela era presidente nacional do partido PSDB, partido do mesmo do presidente FHC, e neste período o Teotônio Vilela nada fez por ALAGOAS, teve toda oportunidade mais foi uma MUMIA, ao contrario do Vice Presidente do LULA o Senador Marco Maciel de Pernambuco, FEZ TUDO POR PERNAMBUCO alavancou o Estado para o desenvolvimento industrial e sustentável, intermediou inúmeros PROJETOS de MEGA INDUSTRIAS que foi implantado neste Estado. Deixando Pernambuco um dos mais Estado mais RICO da Federação. Isto é fato.

  2. JAQUES JACINTO BRANCO

    Nem todos os eleitores tem memoria curta, quem não se lembra que durante o mandato do Presidente FHC, que durou 08(oito) anos, o então Senador Teotônio Vilela era presidente nacional do partido PSDB, partido do mesmo do presidente FHC, e neste período o Teotônio Vilela nada fez por ALAGOAS, teve toda oportunidade mais foi uma MUMIA, ao contrario do Vice Presidente do LULA o Senador Marco Maciel de Pernambuco, FEZ TUDO POR PERNAMBUCO alavancou o Estado para o desenvolvimento industrial e sustentável, intermediou inúmeros PROJETOS de MEGA INDUSTRIAS que foi implantado neste Estado. Deixando Pernambuco um dos mais Estado mais da Federação. Isto é fato.

  3. Alagoano envergonhado

    FHC não tem legitimidade de pedir nada a ninguém de Alagoas. Justamente ele que, em 1997, na crise da era Suaruagy, o então presidente FHC, negociou transferência de dinheiro para o governador Mano,vice de Suruagy,com taxas de juros impagáveis, com o beneplácito, benção e crisma do então senador e presidente nacional do PSDB, Téo Vilela. Então, não precisa falar mais nada de ambos.Precisa????

Comments are closed.