Téo Vilela deve mudar vários secretários já na próxima semana
   11 de janeiro de 2014   │     22:36  │  6

O governador Teotonio Vilela Filho pretende fazer mudanças na equipe, escalando o time que fica com ele até dezembro. As mudanças já estão praticamente definidas e começam pelos secretários e assessores que vão disputar algum mandato este ano.

Os nomes de alguns substitutos já foram escolhidos e em alguns casos devem causar grandes surpresas. “A escolha dos novos secretários está sendo feita com cuidado”, adianta um dos assessores mais próximos do governador.

Além dos candidatos, o governo também deve mudar secretários que não pretendem mais continuar em suas pastas. A mudança será abrangente e vai atingir o mínimo de seis e o máximo de nove secretarias, além de algumas autarquias importantes.

O governador estaria apenas acertando os últimos detalhes. A data para anunciar os novos secretários será definida até esta segunda-feira, 13.

Quem fica e quem sai?

Estou em busca dos nomes e pelo que pude apurar, as mudanças vão atingir até o chamado o “núcleo duro” do governo. Alguns nomes muito próximos do governador serão trocados por conta do processo eleitoral.

Pelo que apurei, no entanto, os secretários considerados mais técnicos, caso de Álvaro Machado (Casa Civil), Maurício Toledo (Fazenda), Alexandre Lages (Gestão) e Keylle Lima (Comunicação) continuam onde estão.

O governador parece que passou a concordar com assessores e assessores que defendem que as  mudanças sejam realizadas logo: “essa seria a melhor maneira de acabar com as desconfianças e suspeitas que algumas pessoas ainda levantam sobre a decisão do governador que vai permanecer no governo até o final”, aponta conselheiro de Téo Vilela.

COMENTÁRIOS
6

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. JAQUES JACINTO BRANCO

    Há pouco tempo quando GESTORES eram nomeados a um cargos públicos, todos demais cargos do governo seja ele Federal, Estadual ou Municipal declarava-se seus bens no Diário Oficial, imaginem este governo TÉO-NONÔ de 08 (oito) anos de mandato e que já se passaram 07 (sete)anos e neste ultimo ano começa a mudança de muitos Secretários de Estados. Os órgãos Fiscalizadores MPE, MPF, TCU, TCE, CGU a Policia Federal deveriam investigar a todos, principalmente aqueles que multiplicaram seus PATRIMÔNIOS com suspeita de enriquecimento enquanto esteve no cargo. E ocuparam Secretarias e receberem CIFRAS MILHIONÁRIAS do GOVERNO FEDERAL. A exemplo do Coronel Dario Cesar da Secretaria de Defesa Social, recebeu R$ 200.000.000,00 (duzentos milhões) do Ministério da Justiça, é candidato a DEPUTADO e a poucos dias ESTAVA DISTRIBUINDO PANETONE NO VERGEL DO LAGO. muitos GESTORES irão candidatar-se a cargos eletivos neste ano. Pergunto qual a MORAL que tem este Governo e o Secretaria de Defesa Social de querer combater A CRIMINALIDADE DO ESTADO, coibir o ladrão de galinhas e O batedor de carteiras ao mesmo tempo em que estes Gestores do Estado TOMAM CONTA DA CHAVES DOS COFRES PUBLICOS DO TESOURO ESTADUAL? Não seria novidade se aqui em Alagoas acontecesse UMA PRIMAVERA ÁRABE.

  2. JAQUES JACINTO BRANCO

    Há pouco tempo quando um GESTOR era nomeado a um cargo público, todos demais cargos do governo seja ele Federal, Estadual ou Municipal declarava-se seus bens no Diário Oficial, imaginem este governo TÉO-NONÔ de 08 (oito) anos de mandato e que já se passaram 07 (sete)anos e neste ultimo ano começa a mudança de muitos Secretários de Estados. Os órgãos Fiscalizadores MPE, MPF, TCU, TCE, CGU, deveriam ser investigar a todos, principalmente aqueles que se multiplicaram seus PATRIMÔNIO com suspeita de enriquecimento enquanto esteve no cargo. E ocuparam Secretarias que receberem CIFRAS MILHIONÁRIAS do GOVERNO FEDERAL. A exemplo do Coronel Dario Cesar da Secretaria de Defesa Social, recebeu R$ 200.000.000,00 (duzentos milhões) do Ministério da Justiça, é candidato a DEPUTADO e a poucos dias ESTAVA DISTRIBUINDO PANETONE NO VERGEL DO LAGO. muitos GESTORES irão candidatar-se a cargos eletivos neste ano. Pergunto qual a MORAL que este Governo e o Secretaria de Defesa Social de quere combater A CRIMINALIDADE DO ESTADO, coibir o ladrão de galinhas e O batedor de carteiras ao mesmo tempo estes Gestores do Estado TOMAR CONTA DA CHAVES DOS COFRES PUBLICOS? Não seria novidade se aqui em Alagoas acontecesse UMA PRIMAVERA ÁRABE.

  3. JAQUES JACINTO BRANCO

    Sou um cidadão alagoano da gema, pago meus impostos rigorosamente em dia. Em meus vencimentos o Governo Federal tributa mensalmente 27,5% e o Governo Estadual abocanha outros 11%, é difícil saber para onde é destinados este montante arrecadados. A mídia nacional divulga escândalos financeiros envolvendo GESTORES PUBLICOS multiplicando seus patrimônios e engordando suas CONTAS BANCÁRIAS EM PARAISOS FISCAIS. E os ser viços essenciais Saúde, Educação, Segurança e Geração de emprego e renda com índices de fazer vergonha perante a comunidade internacional. Aqui em Alagoas neste ultimo ano de governo o nós presenciamos é Secretários de Estado manuseando cifras milionárias de recursos federais, sem resolver os problemas de suas Pastas, hoje deixam seus cargos para candidatar a cargos eletivos nas próximas eleições de outubro/2014, pessoas que estão ricos através de manejo dos recursos públicos e são também laranjas deste governo TÉO-NONÔ. Já Está na hora dos órgãos fiscalizadores MPF, MPE, TCU, TCE, CGU, Policia Federal começar a instigar todos os Gestores e Secretários de Estado que estão deixando os cargos. Eu como pagador de minhas obrigações tributaria tenho o DIREITO, OBRIGAÇÃO e DEVER de me manifestar diante desta roubalheira que acontece em meu Estado diante dos olhos da MIDIA.

  4. JAQUES JACINTO BRANCO

    Há pouco tempo quando um GESTOR era nomeado a um cargos públicos, todos demais cargos do governo seja ele Federal, Estadual ou Municipal declarava-se seus bens no Diário Oficial, imaginem este governo TÉO-NONÔ de 08 (oito) anos de mandato e que já se passaram 07 (sete)anos e neste ultimo ano começa a mudança de muitos Secretários de Estados. Os órgãos Fiscalizadores MPE, MPF, TCU, TCE, CGU, deveriam ser investigar a todos, principalmente aqueles que se multiplicaram seus PATRIMÔNIO com suspeita de enriquecimento enquanto esteve no cargo. E ocuparam Secretarias que receberem CIFRAS MILHIONÁRIAS do GOVERNO FEDERAL. A exemplo do Coronel Dario Cesar da Secretaria de Defesa Social, recebeu R$ 200.000.000,00 (duzentos milhões) do Ministério da Justiça, é candidato a DEPUTADO e a poucos dias ESTAVA DISTRIBUINDO PANETONE NO VERGEL DO LAGO. muitos GESTORES irão candidatar-se a cargos eletivos neste ano. Pergunto qual a MORAL que este Governo e o Secretaria de Defesa Social de quere combater A CRIMINALIDADE DO ESTADO, coibir o ladrão de galinhas e O batedor de carteiras ao mesmo tempo estes Gestores do Estado TOMAR CONTA DA CHAVES DOS COFRES PUBLICOS? Não seria novidade se aqui em Alagoas acontecesse UMA PRIMAVERA ÁRABE.

  5. JAQUES JACINTO BRANCO

    Antigamente quando se assumia cargos públicos, os futuros GETORES declaravam seus bens, que publicavam no D.O., imaginem um governo de 08 (oito) anos de mandato e que já se passaram 07 (sete) e neste ultimo ano de governo todos os secretários de Estados deveriam ser investigados principalmente aqueles que se enricaram ilicitamente. Ocuparam Secretarias que receberem milhões em recursos do Governos Federal. E muitos deste irão candidatar-se a cargos eletivos neste ano.

Comments are closed.