Benedito de Lira vai esperar pelo apoio de Téo ‘com paciência’
   11 de fevereiro de 2014   │     22:31  │  0

Benedito de Lira parece não se incomodar com a movimentação em torno dos nomes de Marcos Fireman e Luiz Otávio Gomes, que sonham, assim como ele, chegar ao governo. A “ebulição” no ninho tucano é vista até com simpatia porque fortaleceria o barco do PSDB, que ficou meio que a deriva depois da desistência de Téo Vilela em disputar o Senado.

O senador anda convencido de que terá, no momento certo, o apoio do governador, aponta o Artur Gondim: “Biu marchou com Téo Vilela em 2010 e a parceria prevaleceu em 2012. Eles ganharam e perderam juntos e isso não muda. Ele confia no tempo e não vai botar camisa de força no governador. O apoio virá na certa”.

A favor de Biu, estariam fatores objetivos como o provável apoio de deputados federais (Além do filho, Arthur Lira, poderiam entrar na conta João Lyra, Maurício Quintella e Givaldo Carimbão), um bom tempo de TV e o segundo lugar nas pesquisas.

Embora tenha sido o primeiro a lançar seu nome para o governo, Biu avisa que não quer precipitar o jogo e que vai continuar apoiando Téo Vilela em todos os projetos, especialmente os que tem sua marca, como a duplicação da  Via Expressa.

Mistério tucano

Resta saber o que pensa Téo Vilela. O governador continua alimentando as andanças de Marcos Fireman e Luiz Otávio Gomes. Os dois cavam espaços dentro e fora do governo para tentar viabilizar a cabeça de chapa nas eleições deste ano. Se for  para apoiar um candidato de outro partido, para que tudo isso?