Será campanha? Dilma abre o cofre e libera R$ 315 milhões em Alagoas
   18 de fevereiro de 2014   │     11:56  │  7

A presidente Dilma Rousseff resolveu abrir o cofre e aproveita, para tirar uma “casquinha” que pode render votos na sua reeleição. Ela está indo pessoalmente aos estados para assinar convênios, anunciar obras e serviços. Depois de passar por Teresina, ela chega hoje a tarde a Maceió.

A presidente participa de evento aberto ao público no Centro de Convenções, ao lado de muitos políticos da sua base aliada. Estarão por lá Fernando Collor, Renan Calheiros, Benedito de Lira, Téo Vilela, Rui Palmeira, além de deputados e muitos prefeitos do interior.

A estratégia de fortalecer a presença do governo federal nos estados foi iniciada com a visita de ministros – a partir do final de 2013 – e segue agora com a presidente. É preciso correr contra o relógio. Por conta do calendário eleitoral, as “benesses” só podem ser anunciadas até junho.

Pura cena

Como a legislação limita a realização de novos contratos ou licitações em anos de eleição, grande parte dos recursos que serão anunciados hoje não serão gastos este ano ou então é grana  de obras e serviços que já estão em execução.

Na prática mesmo o que a presidente fará em Alagoas é mais um ato solene, porque o dinheiro mesmo já está encaminhado. Dilma assina convênios hoje totalizando quase R$ 800 milhões. São R$ 475 milhões no Piauí e R$ 315 milhões em Alagoas.

Os recursos que serão anunciados hoje vão para obras de mobilidade urbana em Maceió. São R$ 200 milhões para a CBTU (o destino final poderá ser um VLT ou BRT) e R$ 115 milhões para obras viárias, incluindo duplicação de  vias públicas, na Via Expressa, av. Juca Sampaio, av. Márcio Canuto e nova estrada em Ipioca.

Devem acompanhar a presidente pelo menos dois ministros: Aguinaldo Ribeiro, das Cidades e Pepe Vargas do MDA. Isso porque a presidente também fará a entrega de maquinas do PAC 2  para a agricultura familiar.

COMENTÁRIOS
7

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Lucas Medeiros

    O colunista errou feio ao dizer que a verba destinada à CBTU pode ser para BRT…a CBTU trabalha com trens, portanto será destinada ao VLT. Quanto à visita de Dilma, trata-se do início de sua campanha eleitoral visando a reeleição. Esse projeto do VLT até o aeroporto já foi anunciado há uns 3 anos e NADA foi feito até hoje. Só acredito vendo.

  2. Lucas Medeiros

    O colunista errou feio ao dizer que a verba destinada à CBTU pode ser para BRT…a CBTU trabalha com trens, portanto será destinada ao VLT. Quanto à visita de Dilma, trata-se do início de sua campanha eleitoral visando a reeleição. Esse projeto do VLT até o aeroporto já foi anunciado há uns 3 anos e NADA foi feito até hoje. Só acredito vendo…

  3. em campanha

    A PRESIDENTA DOS PETRAALHAS E DE PRTIDOS OPORTUNISTAS ESTÁ EM CAMPANHA. CHEG POR AQUI DESPEJANDO DINHEIRO PARA OS CORRUPTOS. NO PACOTE, VÁRIOS OPORTUNISTAS QUE POUCO OU QUASE NADA FAZEM POR ALAGOAS.

  4. Antônio Campos

    Edivaldo, Lula veio, Dilma vem, anuciam obras e não as executa. Cobre, por favor, o viaduto da PRF, a duplicação da BR 101, duplicação AL 101…

    1. Valdo Espinheira Fausto

      Sem projeto não pode ser executado. Você quer que o Lula prometa, faça o projeto e execute ? Por favor, senhor Governador,
      acorde.

  5. Interiorano

    Edivaldo,

    Quando eu era adolescente lá pela década de 70, ouvia dos “cantadores de emboladas” nas feiras das cidadezinhas do Interior das Alagoas, uma frase da qual nunca me esqueci : “É Deus no céu e dinheiro na Terra”! Mesmo com pouca idade, imediatamente, eu entendi o significado da frase! Vale ressaltar que não vou votar na Dilma!

  6. Há Lagoas

    O montante de R$ 200 milhões para o VLT, é ínfimo para tal obra de mobilidade urbana. A não ser que a tão propalada e aguardada expansão do VLT até o Shopping Maceió, finalmente saia do papel.
    VLT da Fernandes Lima com esse valor, não tem a mínima chance!
    E quanto a campanha eleitoral, neste quesito todos nós sabemos, não tem situação ou oposição, todos prevaricam contra a Lei.

Comments are closed.