‘Morte (de empresário) pode não ter sido motivada por assalto’
   26 de fevereiro de 2014   │     23:15  │  2

Uma importante autoridade do estado me disse na noite desta quarta-feira, 26,  que a polícia trabalha com outras motivações para o assassinato do dono do Maikai : “pode não ter sido um simples assalto”, resumiu.

Como outros crimes de repercussão, o assassinato de Guilherme Brandão provocou uma forte reação no meio empresarial e na sociedade – especialmente na chamada classe média de  Maceió. Não era para menos. Ele era muito querido. Além disso a morte de alguém tão importante, tão bem relacionado, serve para lembrar que todos estão “no mesmo barco”.

A mobilização foi imediata, forçando uma ação rápida do governo do Estado.

Tanto que a polícia, após a nomeação de um delegado especial, já sinaliza que deve desvendar rapidamente o crime.

O delegado, Carlos Reis, no seu primeiro pronunciamento praticamente descartou o assalto como motivação do crime ocorrido nesta quarta-feira pela manhã em Maceió.

As investigações do assassinato do empresário Guilherme Brandão são sendo realizadas pela Delegacia de Homicídios da Capital e 2º Distrito Policial.

“Durante a investigação todas as hipóteses são averiguadas. É prematuro fazer qualquer especulação sobre a motivação do crime nesse momento”, disse Reis, reforçando a possibilidade de outra motivação.

E que motivação seria essa? “A polícia avalia algo do passado e não descarta a possibilidade de um acerto de contas como motivação”, me disse essa autoridade.

Um agente que acompanha de perto a investigação não descarta, no entanto, o assalto seguido de morte: “quando morre um cara gente boa como o Guilherme as pessoas ficam buscando uma explicação, sem querer acreditar no mais óbvio, que  pode ter sido um simples assalto. No meu caso, acho essa hipótese bastante factível”, disse.

 Prisão de dois suspeitos

Desde a tarde desta quarta-feira dois suspeitos foram presos pela Polícia Civil me confidenciou  o agente: “os retratos só não foram divulgados porque estão sendo feitas investigações para comprovar se são eles mesmos que aparecem nas imagens das câmeras de segurança”, explicou.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. cavalcante

    Governos desarmam os homens de bem ,deixam os meliantes praticarem todos o tipos de crime, depois veem com brasil menos seguro,roubam muita grana do contribuinte,ficamos sem força para enfrentar os meliantes,vamos votar no projeto de lei 3722 2012 vamos nus libertar desses governos. Temos o direito de nos defender. Direito de todos o povo e mais forte do que todos os governos.

  2. Gutemberg Lócio

    Não foi não,foi uma coisa mais séria do que isso,foi um sinal de que a violência democratizou-se,chegou a beira-mar,está batendo na porta dos endinheirados e só quem é tolo não vê,só espero que a sanha desses descamisados nunca me encontre,pois,sei que virarei um ponto na fria estatística oficial.

Comments are closed.