Candidatura de Fireman passa a ser levada a sério por outros candidatos
   3 de abril de 2014   │     18:24  │  2

Pouco mais de dois meses depois de deixar a Seinfra,Marcos Fireman conseguiu “dobrar” a incredulidade de outros candidatos ao governo da “base aliada”  e da oposição.

Nas duas pesquisas encomendadas para o governo (Ibope, pelo PMDB e Exacta por um veículo de comunicação local), o nome de Fireman aparece na pesquisa estimulada.

A inclusão do nome de Fireman mostra que sua candidatura passou a ser levada a sério por outros partidos, além do seu – o PSDB – e pelos institutos de pesquisas.

Se ele será ou não candidato, é outra história. Mas Fireman está conseguindo fazer o que se propôs: ganhar visibilidade, para buscar a viabilidade eleitoral.

A missão agora é de Luiz Otávio

Nesta quinta-feira,3, Téo Vilela disse que o PSDB tem outros nomes, além do de Marcos FIreman. Pode ser uma referência a Luiz Otávio Gomes ou a Eduardo Tavares, que estão na sua lista para o cargo desde dezembro do ano passado.

Tavares, que ninguém se engane, só topa disputar um único cargo – o de governador. Se ele deixar o governo amanhã, será o dono da vaga no PSDB.

Quanto a Luiz Otávio, ele vai precisar de ações impactantes para os próximos dias, já que Téo Vilela prometeu decidir até o final deste mês quem vai apoiar.

De estilo arrojado, Luiz Otávio está entrando em campo, com gosto. Ele avisa que está “no jogo”. Seus amigos mais próximos acreditam na sua viabilidade e explicam porque: “a decisão agora é do governador. É a decisão de um voto e Luiz Otávio tem grandes chances”, aponta um secretário de Estado.

O que tudo isso quer dizer? “Que o PSDB terá candidato ao governo”, pondera um dos líderes da frente de oposição. “O problema do governador agora será evitar um grande racha no seu grupo”, emenda.

 Sem preocupação

Fireman que apareceu com  1% e 2% no Ibope, dependendo do Cenário,  não está preocupado com a sua pontuação. “A população ainda não sabe em quem vai votar. Quase 90% dos eleitores ainda não se decidiram. Neste momento a população não está envolvida com a eleição”, pondera.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Sandra Moreira

    Ele está só no começo. Acredito que essa porcentagem vai subir muito mais com o decorrer do tempo.

  2. Ana Flores

    Apesar de não ter tradição política, seu trabalho na secretaria nos faz acreditar que ele seria um bom governador para Alagoas. E que bom que ele não tem tradição política, não é? Precisamos de gente nova na política, para ver as coisas melhorarem.

Comments are closed.