Renan anuncia Renan para governador, no dia 5 de maio
   22 de abril de 2014   │     15:13  │  10

A decisão já está sacramentada. O candidato a governador do PMDB será mesmo o jovem deputado Renan Filho que vai disputar o cargo mais importante do estado aos 34 anos nas eleições de outubro de 2014.

Quem vai anunciar a decisão será o seu pai, o senador Renan Calheiros, em entrevista coletiva já marcada para o próximo dia 5 de maio, em Maceió.

O que o presidente do Senado vai dizer? Que ele ouviu as pessoas e chegou a conclusão que ajudará mais Alagoas ficando em Brasília, ocupando um espaço nacional.

Quanto a escolha de Renan Filho, foi um “processo natural”, de depuração dentro dos nomes que o partido tinha antecipado para a disputa. Além do deputado e do senador, foram citados  – vamos lembrar – Zé Wanderley e Luciano Barbosa.

A confirmação de que “Renanzinho” será o  candidato foi dada hoje, em encontro realizado na sede do PMDB, com participação de cerca de 40 pessoas, a maioria candidatos a deputado estadual e federal nas eleições deste ano. No encontro, Renan adiantou que o partido anuncia no próximo dia 5 o nome de seu candidato ao governo do Estado.

Outro detalhe importante e ao mesmo tempo “estranho”: o senador garantiu que até a convenção será definida a chapa completa da majoritária.

A justificativa de Renan 

Em outras palavras não será definido até 5 de maio o candidato a vice, nem também ao Senado, da frente de oposição.

E porque indicar apenas o candidato a governador? Segundo o próprio Renan, a indicação do candidato ao governo será realizada porque ficou definido na reunião de Penedo, realizada no último dia 11, que o PMDB irá indicar o candidato a governador. Uma boa desculpa. Será que cola?

Resta saber porque não se define logo a vaga de senador – até porque só existe um candidato ao cargo na frente de oposição, o senador Fernando Collor, que concorre à reeleição.

A vaga de vice com certeza será preenchida aos “45 do segundo tempo”. A demora, nesse caso, é compreensível. O cargo de vice serve para ajustes finais e as vezes só é definido poucas horas antes da convenção, como aconteceu com Zé Thomaz Nonô em 2010.

Ao empurrar para a frente essas decisões, além da indefinição nas coligações proporcionais, o PMDB corre o risco de fomentar nova crise dentro da frente de oposição. 

A reunião do PMDB

Comandado pelo senador Renan Calheiros e pelo deputado federal Renan Filho, o encontro do PMDB, nesta terça-feira, na sede do PMDB em Maceió, contou com a presença de nomes que devem ir para a disputa nas proporcionais, entre eles o  Major Fragoso (federal) e o sargento da PM, Theobaldo (estadual) que formariam a “chapa militar”. Entre as novidades da reunião aparece também o cantor Mano Walter, que deve disputar uma vaga na Assembleia Legislativa.

Apareceram na reunião outros nomes conhecidos, a exemplo do ex-prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa e do ex-prefeito de Coruripe, Marx Beltrão, do suplente de senador Fábio Farias, além dos deputados estaduais Olavo Calheiros, Luiz Dantas, Ricardo Nezinho e Flávia Cavalcante .

reuniao pmdb

COMENTÁRIOS
10

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. jonas freitas

    Adriana
    – 24/04/2014 às 8:21

    Li no G1 que Renan Caheiros argumentou que não cabe a ninguém, a não ser ao Congresso, a decisão de instalação ou não de CPIs e do que elas tratarão. É muita presunção de credibilidade de uma pessoa de quem a maioria dos brasileiros não compraria nem um carro usado. Se enxergue senador Renan Calheiros!Ele que já foi praticamente defenestrado da presidência do Senado uma vez por suspeitas de corrupção e ainda dá provas de sua imensa cara de pau. Parabéns à Ministra, que defendeu, como ela mesma disse, o direito de voz e de ação daqueles que são minoria e que, acrescento, não contam com a máquina administrativa a seu favor. Vamos torcer agora para que a CPI, instalada, descubra as falcatruas dentro da caixa preta da Petrobrás! Abraço, Reinaldo!

    Adriana
    – 24/04/2014 às 8:21

  2. corruptos

    ALAGOANOS, JUIZO. VEJAM O MONTE DE CORRRUPTOS QUE SE ENCONTRAM JUNTOS. NÃO VAMOS ACABAR COM O RESTINHO QUE AINDA TEM ALAGOAS.

  3. comprometido

    voce, blogueiro, é um “jornalistazinho” comprometido. quanto voce ganha desse nojento renan calheiros, o politico mais nojento e corrupto do nosso brasil.

  4. Renan CALHEIROS E SENADOR FERNANDO são as duas forças mas importantes para ALAGOAS. Nosso estado passa por dificuldades só esses dois podem ajudar ALAGOAS. Os dois unidos quem sai ganhando é o povo.

  5. jose antonio dos santos

    O que estas figuras da politica fizeram pela educação, sáude e segurança da população1. Nos Postos de Saúde, falta tudo, na Educação, idem e na Segurança, nem se fala, uma lástima!. E por que prestigiar, dar emprego novamente a esta gente!.

  6. jose antonio dos santos

    Esta foto está muito boa!. Que figuras, faltou até cadeiras para alguns se sentarem. Agora, falta combinar com a população, que se tiver um pouco de vergonha vai votar nos candidatos novos, a proposta nova, confiável, estes que aí estão, todos conhecemos são profissionais de politica e precisam serem mandados para casa!.

  7. POLICIAIS

    É meu caro Senador da República, se não nos contemplar com a PEC do piso salarial dos policiais,ficará sem receber nosso apoio de familiares e amigos.

  8. Eleitor

    Collor o Senador do povão é o que Alagoas espera. Renan Filhor governador e Fernando Collor Senador

  9. Eduardo

    Renan e Collor Juntos Alagoas so tem a crescer, vamos em frente rumo a vitória Renan Filho governador e Collor Senador pelo bem dos alagoanos

Comments are closed.