Carimbão e JC, ‘últimas’ esperanças de Téo conseguir 6 min para ET
   2 de junho de 2014   │     23:14  │  1

Carimbão e JC, ‘últimas’ esperanças de Téo conseguir 6 min para ET

 

O deputado federal Givaldo Carimbão, líder do PROS na Câmara Federal, me revela um influente político com trânsito no Palácio dos Palmares, até pensa em fechar coligação com grupo de Téo Vilela, mas enfrenta grandes dificuldades.

E porque não fecha? A situação é realmente delicada, em função do quadro nacional. Carimbão apoia Dilma e é amigo de Téo.

“Ele teme que a coligação (PSDB) não faça dois federais e ainda existe o risco do Ciro (Gomes) tentar lhe derrubar da liderança se ele se coligar com um candidato de oposição a Dilma”, pondera o enigmático e influente político.

Se fechar, Carimbão vai levar mais de um minuto de TV para a propaganda do candidato tucano, Eduardo Tavares.

Além do PROS, o governo também “trabalha” o Solidariedade de João Caldas. Juntos os dois partidos tem mais de dois minutos – o tempo que falta para ET e Nonô. Hoje a coligação PSDB/DEM teria em menos de quatro minutos e o marqueteiro de Eduardo Tavares já avisou a Téo Vilela, quer pelo menos 6 minutos para conseguir levar ET para o segundo turno.

João Caldas anda calado, mas pelo que se sabe ele  continua conversando  Téo Vilela. Um acordo é difícil, m não impossível.

Carimbão e JC, ‘últimas’ esperanças de Téo conseguir 6 min para ET

 

O deputado federal Givaldo Carimbão, líder do PROS na Câmara Federal, me revela um influente político com trânsito no Palácio dos Palmares, até pensa em fechar coligação com grupo de Téo Vilela, mas enfrenta grandes dificuldades.

E porque não fecha? A situação é realmente delicada, em função do quadro nacional. Carimbão apoia Dilma e é amigo de Téo.

“Ele teme que a coligação (PSDB) não faça dois federais e ainda existe o risco do Ciro (Gomes) tentar lhe derrubar da liderança se ele se coligar com um candidato de oposição a Dilma”, pondera o enigmático e influente político.

Se fechar, Carimbão vai levar mais de um minuto de TV para a propaganda do candidato tucano, Eduardo Tavares.

Além do PROS, o governo também “trabalha” o Solidariedade de João Caldas. Juntos os dois partidos tem mais de dois minutos – o tempo que falta para ET e Nonô. Hoje a coligação PSDB/DEM teria em menos de quatro minutos e o marqueteiro de Eduardo Tavares já avisou a Téo Vilela, quer pelo menos 6 minutos para conseguir levar ET para o segundo turno.

A situação não é das melhores. O DEM ainda não bateu martelo, nem seu presidente, José Thomaz Nonô

O vice-governador não diz sim, nem não. “Alheio as decisões do Palácio”, ele avisa que confia na capacidade de articulação de Téo Viela. Só depois que o governador viabilizar a chapa é que ele deve anunciar que é candidato ao Senado – ou não.

Carimbão e JC, ‘últimas’ esperanças de Téo conseguir 6 min para ET

O vice-governador não diz sim, nem não. “Alheio as decisões do Palácio”, ele avisa que confia na capacidade de articulação de Téo Viela. Só depois que o governador viabilizar a chapa é que ele deve anunciar que é candidato ao Senado – ou não.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Petrônio Francisco

    Carimbão ia tomando um canto de carroceria se continuasse junto a Téo. Ele sabe que a eleição da Dilma é certa e para oportunistas que ficaram usufruindo de cargos e outras benesses, não haverá perdão. Ficará com Renan, que é o mais certo.

Comments are closed.