“Desconfortável”, Nonô pode romper com Téo e Eduardo Tavares
   4 de junho de 2014   │     7:52  │  10

O vice-governador continua evitando dar declarações diretas à imprensa sobre a sua participação e do Democratas/AL nas eleições deste ano. No entanto um texto distribuído pela assessoria de imprensa do DEM mostra que existe sim a possibilidade de rompimento com o governador Teotonio Vilela Filho e o pré-candidato ao governo, Eduardo Tavares, do PSDB.

Em um texto curto, o DEM, avisa que o partido está em situação desconfortável e que a decisão, tomada em reunião do diretório estadual, nesta terça-feira, é de “ampliar o diálogo” com as demais correntes políticas.

Em outras palavras, Nonô manda avisar que pode conversar e fechar aliança com outros grupos.

Como para bom entendedor meia palavra basta, o DEM deixa claro que pode marchar com o grupo que dá apoio a Benedito de Lira. Até porque não existe chances do DEM apoiar o palanque de Dilma em Alagoas. Ou existe?

O “afastamento” do DEM complica ainda mais a vida do PSDB. Se continuar assim, o partido ficará sem tempo de TV e ainda terá dificuldades para montar uma chapa competitiva para deputado estadual e principalmente deputado federal.

A seguir, o texto distribuído pelo DEM:

Democratas/AL irá ampliar diálogo com candidaturas

O presidente estadual do Democratas/AL José Thomaz Nonô esteve reunido, nesta terça-feira (3), com a executiva do partido e pré-candidatos a deputado estadual e federal. Os membros da sigla discutiram sobre o pleito eleitoral de 2014.

Após uma longa conversa e debaterem as diretrizes políticas durante toda a manhã, os correligionários registraram o desconforto com a atual situação do partido. Todos concordaram em ampliar o diálogo com as demais correntes políticas.

Para Thomaz Nonô, a vontade expressa na reunião é que não há um pré-compromisso com nenhuma candidatura proposta. “Vamos ampliar este diálogo com todas as lideranças partidárias e forças políticas sobre o cenário eleitoral”, disse o presidente estadual do Democratas.

COMENTÁRIOS
10

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. MORADOR DA BARRA DETESTA VIZINHO ANTIPÁTICO

    Não seria nenhuma novidade se testemunhar que para se manter no poder, determinados políticos vende até alma própria genitora para retornar ao poder, ou para se manter nele, já que não existe mais eleição decidida numa mesa de apuração, onde se elegia quem dava mais$$$$$. Enquanto tiver o poder na cabeça, acha-se ainda que seja um Deus, que tudo pode fazer acontecer. Com uma tamanha rejeição esse candidato José Tomaz Nonô, nem pagando promessa a Deus ele conseguirá decolar, felizmente que seja assim pro resto da vida. Collor será reeleito com folga se Deus quiser.

  2. MORADOR DA BARRA DETESTA VIZINHO ANTIPATICO

    Não seria nenhuma novidade se testemunhar que para se manter no poder, determinados políticos vende até alma própria genitora para retornar ao poder, ou para se manter nele, já que não existe mais eleição decidida numa mesa de apuração, onde se elegia quem dava mais$$$$$. Enquanto tiver o poder na cabeça, acha-se ainda que seja um Deus, que tudo pode fazer acontecer. Com uma tamanha rejeição esse candidato José Tomaz Nonô, nem pagando promessa a Deus ele conseguirá decolar, felizmente que seja assim pro resto da vida. Collor será reeleito com folga se Deus quiser.

  3. Santos

    Alguém de sã consciência acredita que uma candidatura apoiada pelo governador Teotônio Vilela Filho tenha a minima chance de vingar? Se todos que anunciaram que são pré-candidatos desistirem de serem candidatos, seja qual for o candidato apoiado por Téo não ganha nem que seja candidato único. Todo mundo votaria nulo ou em branco.

  4. alberto

    Aí o véio dançarino melhora! Já ía votar nele, mermo perdido, e agora com a possibilidade de ganhar, tamo dançando junto, Biu! Seja a música que for, até xangô!

  5. alberto

    Aí o véio dançarino melhora! Já ía votar nele mermo perdido e na condição de ganhar, tamo dançando junto, Biu! Seja a música que for, até xangô!

  6. Jorge

    Este Cidadão rompeu, “lascou” o Estado de Alagoas junto com seu coleguinha Vilela, agora vem com essa lorota. recolha-se a sua existência política opaca, garanto que nenhum alagono perceberá sua euxência.

  7. carlos

    depois que ja mamou, ganhou mais que um policial militar agora que abandonar o barco ou seja só os ratos abandonam o barco, nono por mim voce sumia da politica pra ver se o estado melhorava, por favor abandona a politica pra por salvar esse estado.

  8. Marcos

    Nonô, Nonô! Depois não diga que eu não lhe avisei! Téo, Toledo… e a política da destruição!

Comments are closed.