PP oficializa Biu sem o vice, abrindo ‘temporada’ de convenções em AL
   16 de junho de 2014   │     14:41  │  1

A temporada de convenções em Alagoas começou no sábado, 14, com o PRTB, o PP e PPS e prossegue esta semana quando serão realizadas as convenções dos partidos que formam a Frente de Oposição e de outras legendas.

Sem candidato a governador ou a senador, o PRTB oficializou a candidatura de Cícero Almeida para deputado federal. O partido vai disputar a proporcional em Alagoas, mas deve fazer uma reunião extraordinária para decidir sobre candidatos a vice e a governador.

O PP e o PPS fizeram suas convenções (http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=370935&e=2) no sábado e confirmaram a coligação em torno da candidatura de Benedito de Lira ao governo.

O PP fez convenção mesmo sem ter ainda um nome para vice de Benedito de Lira. Essa decisão deve ficar para o  final do prazo das convenções, que termina no próximo dia 30.

Entre nomes que podem disputar a vice ao lado de Biu são citados, no grupo, hoje, Elionaldo Magalhães e Eudócia Caldas (SD) e Dione Moura e Ricardo Barreto (PSB).

Outros partidos, a exemplo do PSB também devem confirmar o apoio a Biu em convenções que serão realizadas no decorrer desta próxima semana, como ocorreu com o PR nesta segunda-feira, 16. O partido confirmou Maurício Quintella como candidato à reeleição para a Câmara Federal e a coligação com o PP.

O PROS de Givaldo Carimbão, que também deve fechar com a Frente de Oposição, faz convenção no próximo dia 20.

Com o cenário ainda instável no “campo do governo” algumas legendas devem deixar para fazer suas convenções para a “última hora”.  É o caso do PSDB, DEM e Solidariedade.

O grupo que dá apoio a Benedito de Lira aposta numa chapa robusta para deputado federal, capaz de eleger dois candidatos – provavelmente Arthur Lira (PP) e Maurício Quintella (PR) . A novidade na coligação foi a adesão do Major Fragoso, que disputaria pelo PMDB, mas decidiu mudar de última hora, aproveitando a legislação eleitoral que é diferenciada para os militares.

A chapa de federal deve contar ainda com nomes como Régis Cavalcante (PPS), Silvânio Barbosa e Álvaro Guimarães (PSB), Fátima Santiago (PP) e pode contar ainda com Nivaldo Albuquerque (PRP), entre outros. A expectativa é contar ainda JHC, mas a coligação com o Solidariedade continua no campo da dúvida.

A coligação com o PRP se confirmada, mostra que o pai dele, Nivaldo, o deputado estadual Antônio Albuquerque (PRTB) vai mesmo apoiar Benedito de Lira, como vinha sendo especulado nos bastidores.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Marcos Aurélio

    O Renan Filho vai mostrar como se faz uma campanha com propostas e com a participação popular, o povo mostrando onde mais necessita das ações do estado. Renan Filho ja começou fazendo diferente. Renan Filho governador e Collor snador!

Comments are closed.