‘Jogo de cena’? Nenhum partido registrou candidatos no TRE até agora
   1 de julho de 2014   │     23:41  │  1

Em todo o Brasil as convenções partidárias foram realizadas entre os dias 10 e 30 de junho. Mas o que foi discutido ou aprovado nesse encontros nem sempre é respeitado.

O que vale mesmo, para a Justiça Eleitoral, é a entrega da ata, assinada pelos dirigentes partidários. É esse documento final, que normalmente fica “aberto”, que permite que as mudanças feitas pelos caciques  após as convenções sejam validadas no processo eleitoral.

No caso de Alagoas as convenções foram transformadas em verdadeiras peças de ficção – principalmente quando envolvem partidos que enfrentam dificuldades para fechar suas coligações.

Um bom exemplo é o PSDB do governador Teotonio Vilela Filho. O partido fez sua convenção no último dia 30 sem apresentar sequer os nomes  dos candidatos a vice-governador e a senador.

A situação não é diferente do PRTB do ex-prefeito Cícero Almeida, que a essa altura ainda não sabe se terá ou não candidatos majoritários ou com quais legendas vai se coligar. Entre as possibilidades estão PPL, PMN, PRP e PTC.

Já o PP do senador Benedito de Lira fez, que fez convenção no último dia, trocou o candidato ao Senado – antes era   Alexandre Toledo (PSB) e agora é Omar Coêlho do DEM, que nem fazia parte da coligação.

A Frente de Oposição, que tem 14 partidos, também terá de fazer ajuste nas atas por conta da ‘deserção’ do PTN, que decidiu lançar candidato próprio ao governo e por conta de mudanças nas chapas proporcionais – principalmente de deputado estadual.

As conversas e os ajustes vão continuar, pelo visto, até o próximo dia 5. Até esta quarta-feira a noite nenhum partido ainda havia registrado seus candidatos em Alagoas. NENHUM.

Ou seja, muita ainda tem muita água para passar por baixo da ponte.

A assessoria de comunicação do TRE/AL distribuiu texto com a informação:

Alagoas ainda não tem candidatos registrados para as Eleições 2014

De 10 a 30 de junho aconteceram as convenções destinadas à deliberação sobre coligações e à escolha de candidatos aos cargos de governador, vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal e deputado estadual para as Eleições 2014. Apesar disso, até agora não foi solicitado ao Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) o registro de nenhuma candidatura.

O prazo limite para os partidos políticos e coligações apresentarem no TRE/AL o requerimento de registro de candidatura dos candidatos escolhidos nas convenções é até as dezenove horas do dia 5 de julho, próximo sábado. O registro deve ser feito diretamente no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), através do sistema CANDEX.

Também é a partir do dia 5 de julho que as secretarias dos Tribunais Regionais Eleitorais permanecerão abertas aos sábados, domingos e feriados em regime de plantão, de acordo com a Lei Complementar nº 64/1990.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.