Marqueteiro traduz Júlio Cezar: ‘a simplicidade da nobreza’
   7 de agosto de 2014   │     19:43  │  0

Quem é de fato o candidato do PSDB ao governo? O Júlio César Santos que se conhecia até agora jamais será o mesmo. Ex-PM do Batalhão Ambiental ele foi ‘descoberto’ quase ao acaso como revela ‘Branco’, um dos leitores do blog.

O ‘vozeirão’ levou Júlio César ao mundo da comunicação e daí para a política foi um pulo. Nem ele mesmo talvez imaginasse que seria candidato a governador. Mas é. Tem o terceiro maior tempo de TV, o apoio do governo  e do governador. E é assim que ele vai entrar na campanha. Como ele será apresentado e conhecido daqui por diante? Quem quiser essa resposta deve ler a opinião de marqueteiro político responsável pelas duas campanhas de Téo Vilela ao governo, Einhart Jacome em sua página no Facebook:

“Júlio Cezar: a simplicidade da nobreza

O candidato ao governo de Alagoas pelo PSDB, Júlio Cezar, é a renovação mais do que esperada no quadro político majoritário dos tucanos no estado. Por ser um novo nome na disputa, uma enxurrada de críticas vazias começaram a aparecer na mídia. É a tentativa desesperada de assassinato de reputação antes mesmo que Júlio possa mostrar a que veio.

Alguns acham que sua candidatura é virtual, outros, que seu nome não tem relevância política alguma. No primeiro caso, na melhor das hipóteses, os formadores de opinião não consultaram o dicionário para enteder o que significa a palavra “virtual”. Quer dizer que alguém, ou alguma coisa, pode existir, mas não necessariamente exista. Seria pura ignorância dizer isso sobre Júlio Cezar. Como diria a parábola, quem tem olhos para ver, que veja! Toda sua trajetória, feita por seus próprios passos, sem participar de nenhuma patota política, mostra que ele existe e que não está no mundo para brincadeira. Ele sabe muito bem aonde quer chegar. Virtual nada, Júlio é real, muito real.

No caso da irrelevância política de Júlio Cezar, como falar isso de um homem que foi o vereador mais votado de Palmeira dos Índios em 2012 e que está à frente de inúmeros projetos naquele município? Falta informação para esses jornalistas, articulistas e blogueiros.

Se não for desconhecimento da vida de Júlio, é coisa pior. É o velho preconceito enraizado contra um homem que veio de família simples, filho de agricultor e feirante, e que é negro. Talvez, o maior pecado de Júlio Cezar foi ter planejado, por meio do estudo e trabalho duro, uma vida melhor para si e para as pessoas que ama.

Júlio César Silva é um político jovem e de origem simples Isso é real e muito relevante”.

Comentário do leitor ‘Branco’

A vida é uma verdadeira roda gigante, têm altas e baixas. O nobre colega Júlio Cesar ingressou na Policia Militar e fez uma breve carreira ainda como soldado. Quando passou pelo Batalhão Ambiental desempenhou um ótimo trabalho de mídia e certa vez durante a gestão do governador Ronaldo Lessa, havia o governo itinerante que se fazia em algumas cidades e muitos órgão do estado se fazia presente nos eventos, o Batalhão de Policia Ambiental participava com tendas de Educação Ambiental e fazendo exposição de apetrechos apreendidos na caça e na pesca ilegal. E Júlio Cesar com seu vozeirão, certa vez fez uso do microfone de um carro de propaganda do governo itinerante, foi tão bem que chamou a atenção do publico e do governador Ronaldo Lessa convidou para trabalhar na SECOM, deu certo e ele teve o apoio necessário e foi cursar Jornalismo numa Faculdade Particular e hoje tem seu trabalho reconhecido, deu certo, se candidatou a vereador em sua terra natal (Palmeiras dos Índios) foi eleito e hoje pode ser o governador do estado. Meus parabéns Júlio Cesar, que Deus te ilumine sempre, você é um vencedor e batalhador”.

 

 

Julio Cezar, candidato a governador do PSDB

Julio Cezar, candidato a governador do PSDB