Troca de Dilma por Campos “enfraquece” palanque de Benedito de Lira
   9 de agosto de 2014   │     0:07  │  1

Pesquisa após pesquisa, o candidato do PSB a presidência, Eduardo Campos, continua empacado no terceiro  lugar e não consegue chegar sequer aos 10% da preferência do eleitorado.

O “fenômeno” de Pernambuco tem dificuldades para  emplacar no Centro-sul e briga, no Nordeste, pelo segundo lugar com Aécio Neves, do PSDB.

A pesquisa do Ibope, divulgada nesta quinta-feira, 7, mostra que Campos tem apenas 12% das intenções de voto dos nordestinos. Na região, 11% disseram que votariam em Aécio Neves e 51% em Dilma Rousseff, do PT.

No Sudeste, região com maior número de eleitores do Brasil, Campos teve apenas 6% das intenções de voto.

O fraco desempenho do candidato do PSB pode afetar, além de sua própria campanha, os palanques montados nos estados para lhe dar apoio.

É o caso de Pernambuco. Em artigo recente o Diário do Poder analisou que “Na rabeira, Campos prioriza eleição em Pernambuco. Medo de perder tudo leva campos a cidades pequenas no interior de Pernambuco” (http://www.diariodopoder.com.br/noticias/na-rabeira-campos-prioriza-eleicao-em-pernambuco-2/).

A preocupação parece ter contaminado Alagoas. Até o final de junho,Eduardo Campos ainda não tinha vindo a Alagoas como candidato ou pré-candidato. Desde então já visitou o Estado três vezes.

Na última passagem, nesta sexta-feira, por Arapiraca, não conseguiu reunir muita gente. O público formado para o evento de lançamento de sua candidatura no agreste se resumiu a militantes dos partidos da sua coligação, aliados políticos e ao pessoal de campanha.

Biu, que apoiava Dilma Rousseff, do PT, trocou de palanque, depois que foi liberado por seu partido, em nome de uma aliança que lhe garantiu o apoio de o tempo de TV do PSB e do PPS.

Pode não ter sido uma boa troca.

Se continuar empacado nas pesquisas, Campos pode “puxar” para baixo o palanque de Benedito de Lira, afetando a sua campanha e de toda a coligação.

A pesquisa do Ibope

O Ibope divulgou nesta quinta-feira,7,  mais uma pesquisa eleitoral para a corrida presidencial de 2014. Os números demonstram um cenário eleitoral estável, sem variações significativas. A última pesquisa do instituto havia sido publicada no dia 23 de julho.
Na pesquisa, a presidente Dilma Rousseff (PT) aparece com 38% das intenções de voto, Aécio Neves (PSDB) registrou 23% e Eduardo Campos (PSB) tem 9%.

Ao todo, 2.506 pessoas foram entrevistadas pelo Ibope entre o último domingo (3) e a quinta-feira (7). A pesquisa foi contratada pela Globo e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00308/2014.

Na parte da pesquisa espontânea, em que os entrevistadores do Ibope perguntaram ao eleitor em quem votará, sem apresentar a ele a relação dos candidatos, Dilma Rousseff aparece com 25%, Aécio Neves com 11% e Eduardo Campos com 4%. Outros candidatos juntos somaram 2%. Brancos e nulos são 15% e 43% não souberam ou não responderam.

Os resultados da pesquisa também foram apresentados por região. No Nordeste, com 51%, Dilma tem seu melhor desempenho, seguida da região Centro Oeste (45%). Já Aécio Neves tem seu melhor resultado  no Sul e no Sudeste, com 28%, respectivamente. Campos tem melhor desempenho no Nordeste, com 12%.

 

PESQUISA IBOPE

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Roberto

    EDVALDO , conheço você desde que você morava como eu no conjunto DIVALDO SURUAGY, porém discordo profundamente deste seu Lulismo/dilmista que vocę tanto defende, afinal não sei o seu verdadeiro interesse,mas com certeza não é republicano.

Comments are closed.