Renan Filho só anuncia equipe de transição depois do 2º turno
   17 de outubro de 2014   │     19:45  │  5

O governador eleito decidiu que só vai anunciar a sua equipe de transição depois das eleições de 26 de outubro. Com a campanha do segundo turno para presidente movimentando todo o país e acirrando os ânimos, se tornou mais prudente, esperar para depois da eleição.

Até lá Renan Filho (PMDB) vai descansar e aproveita para conversar com seus assessores mais próximos e para agradecer. São dezenas de ligações todos os dias: “Renan Filho está agradecendo a todas as pessoas que ajudaram da campanha e da sua vitória”, explica um assessor.

O PMDB e o governador eleito devem sim ajudar na campanha da presidente Dilma Rousseff em Alagoas. Mas dirigentes peemedebistas lembram que a campanha é coordenada no estado pelo PT.  “Estamos a disposição e vamos ajudar no que for preciso”, adianta Fábio Farias, que é dirigente do PMDB e coordenou a campanha de Renan Filho.

Transição

Renan Filho teve, recentemente, um encontro demorado com o governador Teotonio Vilela Filho, mas tem se preservado para estudar melhor os “números” de Alagoas e para descansar.

Não existem ainda nomes escolhidos para a sua equipe transição, apesar da especulação em alguns blogs.  “A equipe será estritamente técnica e os nomes que vão para a transição não farão, necessariamente, parte do governo”, aponta Fábio Farias.

A escolha, aponta Farias, ficará a critério do governador eleito: “ele fará isso no momento mais adequado, mas deve demorar ainda alguns dias”, pondera.

COMENTÁRIOS
5

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Daniel Sã

    Concordo com os amigos acima. A Gazeta de Alagoas deveria ser um jornal imparcial. Cancelei minha assinatura por perceber que trata-se apenas de mais um ‘jornalzinho’ como Extra ou Primeira Edição e que qualquer pessoa pode ler sem pagar.
    A Gazeta deveria respeitar seus leitores e a seriedade do Jornalismo.
    Fazer jornalismo não é favorecer A e meter a caneta em B.
    Fazer jornalismo é noticiar FATOS e não ficar querendo defender o candidato que tem ligações com seus diretores e etc.

    Lastimável a boa fonte de informações que já foi a Gazeta ter se transformado em ‘jornalzinho’.

  2. LEONARDO DÓRIA

    INDEPENDENTE DA ESCOLHA INDIVIDUAL DE CADA UM, DEVERIA HAVER RESPEITO, O “JORNALISTA” ROBERTO VILLANOVA ESTÁ FAZENDO CAMPANHA ELEITORAL PARA O PT HÁ MAIS DE UM ANO. AGORA DESRESPEITAR O ELEITOR DO AÉCIO NEVES, CHAMANDO-OS DE ABESTADO, AÍ JÁ É DEMAIS. A GAZETA COMO UM JORNALISMO FORMADOR DE OPINIÃO (INEVITÁVEL) QUE É DEVERIA TOMAR PROVIDÊNCIAS.

  3. Jose

    Boa Tarde

    Depois de nove meses vocês irão sentir falta do Teotonio Vila que vocês massacraram, guardem essas palavras.

    Abraços

  4. jose antonio dos santos

    O Renan Filho vai pegar um estado falido, com os piores índices socias, o país também está parado, quase quebrado e o governador eleito sabe de tudo isso, se ficar atrás do governo federal para resolver os problemas e as necessidades de Alagoas vai ser igual ao atual prefeito da Capital Rui Palmeira, fraco, incompetente, a SAÚDE ESTÁ UMA LÁSTIMA, não precisa ir muito longe é só escutar as emissoras de rádio e vê as reclamações na Televisão, SÓ ISSO!.Desde que êste cidadão assumiu o cargo de prefeito FALTA REMÉDIOS NOS POSTOS DE SAÚDE, por que besta fera ele não resolve!.SUSPENDE PROPRAGANDA MENTIROSA NA TELEVISÃO, cuida da população, vai enganar o povo até quando!.

  5. jose antonio dos santos

    Nem conheço esse cara que morreu Sérgio Guerra, e agora o canalha, o petralha indicado pelo PT na Petrobrás diz que deu dinheiro e não sabe se chegou ao destinatário 10 milhões, e a imprensa desmoralizada do país divulga isso de uma forma irresponsável e leviana. Cadê as provas da transferência, como foi essa forma de pagamento, mostrem!.

Comments are closed.