Renan Filho avisa que não vai tolerar crime de mando
   7 de novembro de 2014   │     16:32  │  1

O governador eleito de Alagoas, Renan Filho (PMDB) tem sido firme na elaboração da política de segurança do futuro governo. Ele continua chamando a responsabilidade do setor e já avisou aos mais próximos que não vai tolerar crime de mando de nenhuma espécie em Alagoas. O governador eleito quer reduzir os índices de homicídios no estado mas promete dedicar um  cuidado especial no monitoramento dos “coronéis”.

Renan Filho promete tirar de Alagoas o “título” de campeão nacional em homicídios. Mas, avisa que não vai se restringir apenas as estatísticas.

Para ele é fundamental não perder o “controle” da situação em setores mais complicados, que contam com a participação de “gente da política e da polícia”.

Essa não será uma tarefa fácil. Os autores de crimes de mando costumam testar a tolerância da política no final e no começo de novos governos. Agora mesmo o governo Alagoas tem uma equipe especial tentando desvendar alguns crimes, entre eles o assassinato de um vereador de Piaçabucu. Se depender de Teotonio Vilela Filho esse crime será esclarecido antes do final de seu governo.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. massada

    hoje, nesse país destrambelhado, nesse país que é um imenso oceano de corrupçâo, um imenso aterro sanitario de podridâo de favores e de arrumadinho, nenhum politico pode utilizar essa expressão que o novo governante das alagoas tá usando. enquanto executivo, judiciaro, legislativo, nâo falarem a mesma lingua, nâo se unirem em unissono em torno de um mesmo objetivo que é devolver um pouco de justiça a esse país, enquanto os juises do STF nâo forem empossados pela sua carreira e nâo pelos presidentes que estâo no poder, tudo que for prometido por um governante dizendo que nâo vai tolerar isso ou aquilo, é pura balela, sâo apenas palavras da boca pra fora soltas ao vento. ninguem impede um crime de mando nos estados unidos contra um presidente, nem contra um papa na italia, imaginem nesse sub- mundo que num dia fedorento pedro alvares cabral achou de descobri-lo, ver o lixo que ele descobriu.

Comments are closed.