Educação paga aluguel de R$ 1 milhão e R$ 4 milhões para buffet
   14 de novembro de 2014   │     10:15  │  4

Nada chamou mais a atenção, até agora, da Equipe de Transição  do governador eleito, Renan Filho, do que alguns gastos apresentados nos relatórios da Secretaria Estadual de Educação.

Entre os “destaques” estão o aluguel de um prédio que funciona como almoxarifado e custa R$ 1 milhão por mês aos cofres públicos. A Pasta também teria feito contrato de R$ 4 milhões com um buffet este ano.

De acordo com um integrante da equipe de transição, a Educação do Estado fez, este ano, contratos e licitações da ordem de R$ 60 milhões desse tipo. “Nenhum centavo voltado para o objetivo final da Secretaria, que é a educação”, diz.

Outro “destaque” é o gasto de mais de R$ 50 milhões por ano com a contratação de transporte escolar. Se depender do governador eleito, anote ai, haverá forte redução com essa despesa. O objetivo seria realizar o serviço em parceria com as prefeituras.

“Em outras áreas até que os resultados são melhores, mas é impressionante como se gasta mal na Educação”, aponta o integrante da transição.

Os dados deixaram o governador eleito preocupado. Em função disso, o novo governo deve rever e renegociar todos os contratos realizados em 2013 e 2014. Praticamente todos esses contratos foram feitos ainda quando a secretaria estava sob o comando de pessoas indicadas pelo senador Benedito de Lira e do deputado federal Arthur Lira, ambos do PP.

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. jose antonio dos santos

    Vão comer caviar com o dinheiro de seus salários que é muito para o pouco que produzem!. Gastar dinheiro público com BUFFET, é muita falta de vergonha.

  2. jose antonio dos santos

    A noticia acima é muito grave, é assim que essas figuras gastam o dinheiro público para obter vantagens, não tem outra explicação, é crime mesmo, não tem conversa mole!. O Ministério Público Federal e Estadual devem proceder um processo investigatório. Será que o Governador Teo Vilela não sabia dessa vergonha.

  3. soldado zorro

    Renan Filho preocupado com mal gasto do dinheiro público?Isso só pode ser piada,kkkkkkk Ah,conta outra caro jornalista.

  4. jose antonio dos santos

    É por esta e outras razões que o Brasil precisa de um Ministério Público Federal sério, independente, uma Policia Federal respeitada, a Operação hoje com a prisão de várias figuras de ‘COLARINHO BRANCO, DIRETORES DE EMPREITEIRAS” QUE ROUBARAM DINHEIRO PÚBLICO É LOUVÁVEL E MERECE APLAUSO DA SOCIEDADE. O novo Governo de Dilma deve ser assim, implácavel com os bandidos!.

Comments are closed.