Governo bloqueia repasse de FPM de 11 prefeituras de Alagoas
   19 de novembro de 2014   │     20:22  │  2

Se a situação de algumas prefeituras estava ruim, ainda pode ficar pior. E muito. Uma consulta ao Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) do governo federal mostra que até esta quarta-feira, 19, as prefeituras de 11 municípios de Alagoas estavam bloqueados para o recebimento dos repasses.

O site do Tesouro Nacional  não informa as causas do bloqueio, que normalmente é provocado pelo atraso no pagamento de tributos ou contribuições federais,  a exemplo da previdência social e FGTS.

A lista de bloqueio inclui as prefeituras de Penedo, Satuba,  São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras, Porto Calvo, Olho d´Água do Casado, Matriz  de Camaragibe, Coqueiro Seco, Campestre, Cajueiro e Belem.

A consulta aos entes bloqueados pode ser feita no site do Tesouro Nacional (www.tesouro.fazenda.gov.br).

entes bloqueados

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Santos

    As Prefeituras com os recursos bloqueados são de pequeno porte e serão prejudicados os servidores públicos municipais, pequenos fornecedores (na sua maioria, da própria cidade, que vendem seus produtos para a Prefeitura na certeza de receber quando da liberação do FPM por parte do Governo Federal) e principalmente a população carente (que necessitam dos serviços prestados pela municipalidade, que não poderá atender na sua totalidade pela falta de recursos financeiros). Se houve o BLOQUEIO, é preciso que se divulgue a CAUSA e o CAUSADOR.

Comments are closed.