Em reunião com Dilma, Carimbão pede ‘desculpas’ a Biu
   3 de dezembro de 2014   │     15:48  │  0

Quem conhece o deputado federal Givaldo Carimbão sabe que ele, sempre que pode, prefere o protagonismo. Ele é do tipo que passa horas se preparando para cada evento, faz planilhas, estuda números e alternativas. Foi assim que conseguiu, por exemplo, se transformar em líder do PROS e ocupar um espaço político importante na esfera nacional.

Não há reunião da qual participe em que não apresente uma ideia ou faça intervenções proveitosas. Foi assim que Carimbão fez na última segunda-feira a noite, na reunião de líderes do Congresso Nacional com a presidente Dilma Rousseff.

O encontro foi realizado com o objetivo de discutir estratégias que garantissem a aprovação da mudança no superávit das metas fiscais.

Carimbão pediu a palavra e sugeriu que a presidente falasse com os governadores eleitos e explicou que feito isso – porque eles tem mais força e maior poder de ‘convencimento’ nas bancadas – nem seria preciso falar com os “perdedores” porque eles não teriam mais influência política.

Dito isso, ele se virou e viu que o senador Benedito de Lira, representante do PP, estava quase do seu lado. Sem perder a esportividade e depois de pedir desculpas, retrucou: “menos você não é Biu,  porque você tem o Arthur”.

A ‘descontração’, conta um outro deputado que estava no local, foi geral.