Call center vai gerar 5.800 vagas na capital alagoana
   14 de dezembro de 2014   │     21:30  │  0

A Almaviva, que vinha funcionando em sede provisória, foi inaugurada pelo governador Teotonio Vilela filho na última sexta-feira, 12. Com investimentos da ordem de R$ 40 milhões, a empresa de call center, vai gerar 5.800 vagas em 2015 e deve chegar até 7 mil vagas nos próximos anos.  A nova sede da empresa fica no Tabuleiro do Martins. Para viabilizar o noegócio  de call center em Alagoas, o governo do estado e a prefeitura de Maceió reduziram a carga tributária e deram incentivos fiscais.

A Agência Alagoas distribuiu texto sobre a inauguração. Confira:

Governo do Estado inaugura call center na capital alagoana

O Governo do Estado continua atraindo novos negócios para o desenvolvimento da economia alagoana. Nesta sexta-feira (12), foi a vez da multinacional Almaviva do Brasil, inaugurada no bairro do Tabuleiro do Martins, que instalou sua terceira unidade instalada em Maceió, com investimento de R$ 40 milhões. Até 2015, o empreendimento pretende gerar 5.800 mil novos empregos para a população, chegando a sete mil nos próximos anos.

O Governo do Estado continua atraindo novos negócios para o desenvolvimento da economia alagoana. Nesta sexta-feira (12), foi a vez da multinacional Almaviva do Brasil, inaugurada no bairro do Tabuleiro do Martins, que instalou sua terceira unidade instalada em Maceió, com investimento de R$ 40 milhões. Até 2015, o empreendimento pretende gerar 5.800 mil novos empregos para a população, chegando a sete mil nos próximos anos.

Para o governador Teotonio Vilela Filho, a agilidade na construção do empreendimento, cujo processo de negociação foi iniciado um ano atrás, representa o compromisso e a parceria firmados entre o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria do Planejamento e do Desenvolvimento do Estado (Seplande), e a Prefeitura de Maceió.

“Em termos de trabalho oferecido à população, esse Call Center equivale a uma usina de cana de açúcar. Quando geramos empregabilidade, estamos também melhorando a saúde, a educação, a segurança pública e demais áreas sociais. Por isso, Alagoas recebe hoje a Almaviva de braços abertos e garante que a empresa está no lugar certo”, garantiu o governador.

De acordo com a secretária de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Poliana Santana, a experiência do grupo agrega valor ao mercado alagoano. “A vinda de uma multinacional desse porte para nosso Estado, que já tem uma experiência de grupo e uma prática reconhecida de gestão de pessoas em todo o País, será uma via de oportunidades para os profissionais, que ganham inserção no mercado e possibilidade de fonte de renda”, destaca.

Na ocasião, também esteve presente o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, que discursou sobre a oportunidade do primeiro emprego para muitos jovens. “A instalação de uma indústria nessa região não foi uma escolha aleatória. Nosso objetivo é trazer para dentro do mercado de trabalho os jovens dos bairros do Benedito Bentes, Graciliano Ramos, Salvador Lyra e regiões adjacentes, através de oportunidades do primeiro emprego”, declarou.

Almaviva

 Fundada em 2006 no Brasil, a Almaviva é uma empresa líder na Itália e umas das principais do segmento de informação e comunicação tecnológica. O empreendimento oferta projetos e operações de relacionamento com o cliente, garantindo suporte às Organizações Privadas e Administrações Públicas. Com sede em São Paulo, a empresa contabiliza um total de 27 mil funcionários, distribuídos em diversas cidades brasileiras.

Em Alagoas, a Almaviva realiza prestação de serviços para outras instituições, atendendo, principalmente, aos grupos de telefonia e TV’s já instalados em Alagoas.  A empresa atua ainda nas atividades de suporte operativo, pesquisas de mercado e recuperação de crédito e cobrança, se consolidando no mercado internacional de Call Centers.

Governador Teotonio Vilela destacou parceria que agilizou construção do empreendimento (Foto: Ailton Cruz)

Governador Teotonio Vilela destacou parceria que agilizou construção do empreendimento (Foto: Ailton Cruz)