Deputado pede que governo não mande dinheiro para ALE ‘agora’
   5 de janeiro de 2015   │     17:30  │  0

No final do ano passado a mesa diretora da Assembleia Legislativa tentou, na última hora, uma suplementação extra de R$ 10 milhões. O dinheiro, que seria para pagar a verba de gabinete e o 13º dos comissionados, não saiu.

A expectativa é que a Mesa volte a negociar com o governo a suplementação ou liberação de recursos para pagar os atrasados. Mas se depender de alguns parlamentares, o Legislativo não vai receber nada agora.

Mesmo sem receber a verba de gabinete de dezembro, um deputado estadual reeleito da base do governo aconselha: “se alguém do governo pedir minha opinião vou recomendar que o dinheiro só seja liberado depois da eleição da mesa diretora, para evitar que esse dinheiro seja usado para influenciar a escolha do novo presidente da Casa”, aponta.