Uma explicação aos leitores sobre a eleição de Renan para a presidência do Senado
   3 de fevereiro de 2015   │     13:15  │  1

O senador Renan Calheiros desperta amor e ódio – em Alagoas e no Brasil. Com uma longa carreira, ele esteve presente em todos os episódios importantes da política nacional nas última décadas.

A rejeição de parte do eleitorado é também “efeito colateral” do excesso de exposição -literalmente.

Cada um que pense dele o que quiser.

Mas quero reiterar aqui, objetivamente, o que penso sobre a eleição de Renan – a quarta – para presidência do Senado: é importante para Alagoas. Não só para os políticos que o bajulam em  busca de favores, mas para todos os alagoanos –  gostam dele ou não.

Mesmo rompido com Téo Vilela, Renan ajudou a viabilizar recursos para obras no Estado, incluindo o canal do sertão. Estradas, obras urbanas, recursos para hospitais… Renan sabe usar poder e prestígio para atender interesses de Alagoas. Ainda que seja “alguns”.

Os agricultores beneficiados com a renegociação das dívidas rurais, os fornecedores de cana com a subvenção, os taxistas com o direito a hereditariedade, os aposentados com as novas agências do INSS são alguns exemplos de ações do senador que vão além dos favores a amigos e apadrinhados.

O que acho? É melhor para Alagoas que ele seja presidente do Senado. E muito melhor para os amigos e aliados dele.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.