Sefaz avisa a empresários que vai ‘arrochar’ fiscalização
   5 de março de 2015   │     22:43  │  1

A operação “Cartão de Visitas” é só o começo. O governo de Alagoas parece disposto a apertar até onde for possível para aumentar a arrecadação. A ‘nova’ Secretaria da Fazenda, sob o comando do carioca George Santoro, parece determinada a “tirar o atraso”.

Durante reunião do “Fórum A Sefaz e a Sociedade”, na terça-feira, Helder Lima (futuro secretário adjunto da Secretaria, que hoje ocupa por questões ‘burocráticas’ uma assessoria especial) avisou: “vamos montar barreiras nas divisas e reforçar a fiscalização e com a ajuda da PM. Toda carga que entrar e sair do será fiscalizada”.

Helder disse aos empresários que o aperto na fiscalização é necessário para aumentar a arrecadação e também para evitar concorrência desleal. A teoria é de que uma fiscalização ineficaz prejudica apenas os que pagam impostos.

Não se sabe até onde o governo vai com nova política fiscal, que já vem sendo chamada por alguns empresários de policialescas.

Mas vai aqui o aviso de um importante líder empresarial do estado: “é preciso ter cuidado para não confundir o empresário que tem dificuldades e atrasa o pagamento com o sonegador ou contrabandista”.

E que ninguém se engane. A ‘voracidade’ da Sefaz tem aprovação do Palácio dos Palmares. E não é para menos.

Nos primeiros dois meses deste ano Alagoas teve crescimento de receita na ordem de 13%, um dos maiores do país.  E tem gente dizendo ao governador que o desempenho é fruto da operação “Cartão de Visita”. Quem conhece o sistema de arrecadação do estado, diz que  não é bem assim: “a arrecadação de Alagoas se dá em setores como o de combustíveis, na substituição tributária, energia e comunicações, que não sofrem nenhuma influência da fiscalização”, aponta um consultor da área.

A reunião

No Forum, a Sefaz não falou apenas de”arrocho”, é claro. Helder Lima disse que a Secretaria quer estreitar o relacionamento com as empresas alagoanas. “Estamos de portas abertas para receber as demandas empresariais, discutir e ter acesso aos pleitos. Temos todo o interesse de fazer caminhar as pautas aqui apresentadas”, disse.

A Ascom da Sefaz fez texto sobre a reunião. Veja aqui:  http://apl03.sefaz.al.gov.br/noticias/index.php?id=3090&idcat=11

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Arthur Costa

    Ninguém faz uma revisão nesses textos desse site? A quantidade de erros não permite a leitura.

Comments are closed.