Unicafes: surge uma nova força no cooperativismo em Alagoas
   15 de março de 2015   │     3:37  │  0

Fortalecer a agricultura familiar e a economia solidária. Com este e outros objetivos,  líderes das principais cooperativas com atuação na agricultura familiar do Estado decidiram se organizar  em torno da União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes) em Alagoas.

A partir de um movimento que envolveu 23 das 31 cooperativas do ramo agropecuário no estado, foi eleita em a nova direção estadual da Unicafes, neste sábado, 14, em Assembleia Geral (ordinária e extraordinária), realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Arapiraca.

Além de eleger a nova diretoria, a Assembleia Geral também decidiu transferir a sede da Unicafes para Arapiraca e aprovou um calendário de atividades, que começa com a realização de um seminário, nos próximos dias 26 e 27. Outra importante decisão tomada no encontro foi mudança no estatuto, para facilitar a filiação de novas cooperativas.

“Antes as novas filiações eram aprovadas nas assembleias. Agora, a diretoria pode aprovar as filiações. Nos  próximos dias deveremos filiar todas as outras cooperativas do estado que estão dentro de nossa área de atuação”, adianta Junior Lopes, novo diretor de comercialização da Unicafes Alagoas.

O novo presidente da Unicafes, João dos Santos, foi empossado neste sábado e já começou a trabalhar: “a Unicafes fará a representação política das cooperativas da agricultura familiar de Alagoas. Vamos trabalhar muito para garantir os nossos direitos e para fortalecer o cooperativismo no estado”, adianta.

O presidente da maior cooperativa agroindustrial do Norte e Nordeste, Pindorama, Klécio Santos, participou do encontro e ofereceu uma sala do escritório da cooperativa em Maceió para funcionar como sub-sede da Unicafes: “estamos precisando fortalecer a Unicafes, para que ela represente os interesses da agricultura familiar e da economia solidária. Hoje, esse trabalho só existe na teoria, não existe na prática. Isso tem que mudar”, aponta.

Entre as cooperativas que já confirmaram filiação à nova entidade do cooperativismo, estão Cooperagro, CPLA, Pindorama, Carpil, Cooplal, Cooptal e Coopabacs. “São cooperativas de todo o estado, que atuam em todos os segmentos da agricultura familiar”, adianta Junior Lores, presidente da Cooperagro, de Arapiraca.

O novo diretor tesoureiro, Aldemar Monteiro, diz que a Unicafes vai ajudar a defender as cooperativas a nível nacional e, especialmente a nível local: “é preciso lutar pelo cumprimento da lei da merenda escolar, que garante a compra de 30% dos produtos à agricultura familiar, mas que não é cumprida em nosso estado. Essa será uma das bandeiras da Unicafes no nosso estado”, aponta.

O secretário de Jovens que representou a Unicafes nacional na Assembleia Geral, Antonino Cardoso, acredita que a nova diretoria vai conseguir, finalmente, consolidar a Unicafes no Estado: “temos vários programas que passarão a ser executados no estado, mas é fundamental destacar que a entidade fará a representação políticas das cooperativas, defendendo o acesso ás políticas públicas e a inclusão produtiva”, enfatiza.

Representantes de mais de 20 cooperativas – entre as quais Coopcral, Coppabacs, Coofadel, Cooperal, Coopernorte, Coopervale, Nutricapri saude e beleza, Cooprel, Cafisa, Cooplal, Coobapi, Coocreal, CPLA, Cooperagro e Pindorama – participaram da assembleia. A expectativa é que até o final deste mês mais de 30 cooperativas estejam filiadas à Unicafes Alagoas.

“Vamos lutar por nosso espaço, unidos e com o apoio de entidades como a Fetag/AL e de líderes políticos, do governo do estado e Assembleia Legislativa. A Unicafes será a voz do cooperativismo da agricultura e da economia solidária em Alagoas”, anuncia João dos Santos.

Peso

Juntas, as cooperativas da Unicafes representam, atualmente, mais de 10 mil cooperados, com atuação em diferentes setores e todas as regiões do estado. “Conseguimos reunir cooperativas de todas as regiões e de todas as áreas. Leite, pecuária de corte, agroindústria, fruticultura, cana, mandioca, assistência técnica, inhame, laranja, leite, verduras, grãos, enfim, aqui estão reapresentados todos os segmentos da agricultura familiar do estado”, aponta Junior Lopes.

unicafes2

Nova diretoria da Unicafes Alagoas