Professora da Semed faz desabafo: ‘Educação não é prioridade’
   16 de março de 2015   │     15:34  │  0

Reproduzo aqui o desabafo de uma professora da rede municipal de ensino. Cris Avlis entrou em contato e pediu para ver o Facebook dela.

Do que ela reclama? Da falta de fardamento e de talheres. Veja o que ela diz:

“É assim que a ESCOLA MUNICIPAL JORGE DE LIMA, situada na Santa Lúcia começa o ano letivo de 2015. Com os talheres nessa situação desde o ano passado (2014). Isso realmente prova que a Educação não é prioridade no atual governo. Prova também a preocupação com as nossas crianças. Sinceramente? Jamais deixaria minha filha usar um talher desses. Isso para dar uma infecção intestinal e levar uma criança para um leito de hospital (e diga-se de passagem que a saúde pública não anda nada bem das pernas). Já foi mandado (e recebido) ofício desde maio/2014. A merendeira da escola já levou os talheres para a capacitação na Semed e mostrou a nutricionista e nada foi feito.

Enfim, quero aproveitar a oportunidade e cobrar também o FARDAMENTO DOS ALUNOS que foi prometido e tão divulgado no site da Prefeitura Municipal de Maceió e nas redes sociais.Porém, até o presente momento, nossa escola não recebeu.

VAMOS COMPARTILHAR para ver se a Semed toma conhecimento e com isso, alguma providência”.

O que a Cris pede é muito pouco. Nada que a Semed não resolva ainda hoje ou até amanhã. A secretária Ana Dayse e o prefeito Rui Palmeira certamente não tem conhecimento dessa situação. Se tivessem, creio que isso já teria sido resolvido.

Eu estou “compartilhando”.Para compartilhar também acesse o link: https://www.facebook.com/ajax/sharer/?s=22&appid=25554907596&id=721418304643712&p%5B0%5D=100003266487398&p%5B1%5D=721418304643712&share_source_type=page_viewer&profile_id=561374637288235