Presidente da Câmara é do PMDB, mas ‘torce’ por Rui Palmeira
   10 de abril de 2015   │     21:36  │  0

Será possível unir Rui Palmeira e Renan Filho, dois dos mais influentes políticos de Alagoas, expoentes da ‘nova geração’ no mesmo palanque em 2016?

Não existe resposta para a pergunta no momento. Tudo vai depender das circunstâncias, do cenário político no próximo ano.

Eles estiverem em palanques diferentes nas últimas eleições por conta de questões conjunturais. PMDB e PSDB já foram aliados, mas andam distantes em Alagoas desde 2010.

O governador admite, para os mais próximos, que nada impede o entendimento com Rui Palmeira. O prefeito confessa aos amigos e assessores que também gostaria muito de contar com essa possibilidade. Mas essa é apenas uma possibilidade – até porque a eleição ainda está distante.

Nesse ‘cenário’ onde tudo é possível o presidente da Câmara Municipal de Maceió, Kelmann Vieira, do PMDB, ‘torce’ para que o seu partido, o mesmo PMDB do governador, sai alinhado com Rui Palmeira nas eleições do próximo ano.

“Mesmo com a crise Rui Palmeira tem feito uma boa administração. Me surpreendi ao visitar alguns bairros que tiveram dezenas de ruas pavimentadas na atual gestão. Agora mesmo a prefeitura pavimentou todo o Graciliano Ramos. Ele também está viabilizando grandes projetos e melhorando os serviços”, resume.

Kelmann deve ir além da ‘torcida’. O vereador promete trabalhar para que o PMDB ‘converse’ com Rui Palmeira: “temos que unir o governo e a prefeitura em benefício da população. E vou torcer que essa aproximação se transforme numa aliança política em 2016”, adianta.