Deputado Davi Davino Filho declara voto a favor da 17ª Vara
   11 de abril de 2015   │     15:59  │  0

Na quinta-feira, 9, adiantei aqui como seria da votação do veto parcial na lei que regulamenta a 17ª Vara na Assembleia Legislativa de Alagoas.

Pela contagem de um experiente parlamentar apenas 11 deputados acompanhariam a decisão do governador a eleição fosse essa semana. Agora a contagem mudou.

O deputado Davino Filho, do PSB, que não aparecia entre 11, me disse que é a favor da manutenção do veto: “defendo que a 17ª Vara tenha poder de investigação total. Sou contra a tentativa de tirar suas prerrogativas”, resume o parlamentar.

Em campo

O governador Renan Filho e o secretário do Gabinete Civil Fábio Farias passaram a reforçar trabalho do líder do governo no Legislativo, Ronaldo Medeiros, e estão ajudando a reverter o que poderia ser uma derrota.

Não será fácil, porque muitos deputados alegam questão de “foro íntimo” para tentar barrar o poder de investigação da 17ª Vara. Todo o cuidado é pouco. O governo precisa de 14 dos 27 votos para manter o veto e, não custa lembrar, a votação é secreta.

Mas somando a pressão das ruas e a força do governo, o placar deve virar a favor da manutenção do veto.

Virando o placar

Antecipei aqui os nomes de oito deputados que votam pela 17ª: Rodrigo Cunha, Jó Pereira, Severino Pessoa, Galba Novais, Taise Guedes, Pastor João Luiz, Isnaldo Bulhões e Val Gaia.

Anote mais três nomes que são prá lá de óbvios: Luiz Dantas, Ronaldo Medeiros e Olavo Calheiros.

Somando com Davi Davino Filho a contagem aumenta para 12, faltando apenas dois nomes para o governo garantir a manutenção do veto.

Até a próxima segunda-feira o governador Renan Filho deve convencer pelo menos mais dois deputados que estão “em cima do muro” a votar com a 17ª Vara.

Depois disso é de se perguntar: quem na ALE vai querer votar contra a opinião pública e o governo?