Marajás? Salários na prefeitura de Maceió passam de R$ 75 mil
   16 de maio de 2015   │     19:58  │  15

Se não existisse o redutor salarial, alguns servidores de Maceió receberiam pequenas fortunas todos os meses. Em alguns casos os vencimentos brutos poderiam chegar perto dos R$ 100 mil por mês, segundo levantamento feito pelo blog no Portal da Transparência do município.

Os dados sobre os vencimentos dos servidores são públicos e podem ser consultados neste link: http://ssmfwebsvr.smf.maceio.al.gov.br/transparencia/#/servidores_folha.

Já um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Administração de Maceió mostra que os vencimentos dos servidores  variam, dependendo da função e do tempo de carreira, entre R$ 1.398,00 e R$ 75.992,06. Esse levantamento leva em conta apenas a remuneração da carreira, sem outros benefícios, incluindo decisões judiciais.

A tabela preparada a partir dessas informações mostra a remuneração inicial e final das principais carreiras do funcionalismo municipal de Maceió, que tem, atualmente, cerca de 20 mil servidores, sendo aproximadamente 5 mil inativos.

Em função da gratificação de 5% de progressão que recebem a cada dois anos, os servidores municipais conseguem dobrar  de salário em apenas 17 anos de carreira. Na prática, o servidor recebe 2,5% de progressão a cada ano, fora o reajuste salarial. Assim, o salário professor 40 horas, que começa hoje em R$ 2,97 mil chega a R$ 11,6 mil no final de carreira.

Uso do redutor

No caso dos servidores de carreira jurídica (procuradores) o teto redutor (o valor máximo do salário pode chegar a 90,25% do salário de um ministro do STF, hoje R$ 33,7 mil) é diferente do redutor dos demais funcionários, cujo teto é o salário do prefeito.

O salário bruto do prefeito de Maceió, hoje, é de R$ 20 mil, mas pelo menos 200 servidores ganham acima disso, mesmo com a aplicação do redutor.

A Constituição diz, no artigo 37 inciso XI, que o subsídio dos servidores públicos não pode “exceder o subsídio mensal” dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Nos municípios, não pode ultrapassar o salário do prefeito. Nos estados e no Distrito Federal, o teto é o que ganha o governador, no caso do Poder Executivo, e os desembargadores do Tribunal de Justiça, no caso do Judiciário.

“Os vencimentos, a remuneração, as vantagens e os adicionais, bem como os proventos de aposentadorias que estejam sendo percebidos em desacordo com a Constituição serão imediatamente reduzidos aos limites dela decorrentes, não se admitindo, neste caso, invocação de direito adquirido ou percepção de excesso a qualquer título”, diz a Constituição no artigo 17 dos Atos das Disposições Constitucionais Transitórias.

salarios servidores de maceio abril 2015

Vencimentos brutos passam dos R$ 43 mil 

A tabela preparada pelo blog mostra que os vencimentos brutos (em março de 2015), mesmo depois da aplicação do redutor, passam dos R$ 43 mil por mês. Mas são poucos privilegiados que tem remuneração acima dos R$ 20 mil por  mês,

salarios servidores de maceio 2015

COMENTÁRIOS
15

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. neri valença

    Meu querido, Edvaldo,

    Acredito que sua informação sobre o salário final do professor, no caso do município de Maceió, está absolutamente equivocada. Se existir algum caso, é porque foi forjado, foi manipulado para confundir a camada menos informada da sociedade. Edvaldo, seja mais claro, e de fato, revele a verdade. Ou Você está recebendo uma boa esmola para mentir tanto, ou é um tremendo trapalhão.

    1. Edivaldo Júnior Post author

      Prezada Neri, cabe esclarecer que a informação é da secretaria de administração. Mas atendendo sua sugestão estou concluindo levantamento e publico ainda hoje informações sobre salários de professores de Maceió.

  2. Daniel

    Pode observar direitinho que esses priviligiados que aí estão relacionados são quase todos PROCURADORES. Os demais são reles mortais!!

  3. Roberto

    Creio q exista sim professor recebendo 11mil, ta lá no site….vá olhar o nome e descubra.
    Segundo muitos buscam e querem progressão sem realizar capacitação, fica difícil mesmo, e TB existem casos de recorrrer a justiça. Agora o principal, isso não é culpa de prefeito A ou B, isso é culpa da justiça, conivente e apadrinhadora. Pois tais vencimentos são adquiridos judicialmente.

    1. EL LOCO

      Roberto, parece que você recebe sinecura desse prefeito por estar defendendo as atitudes do prefetinho mimado. Cara, você é trabalhador e trabalhador deve pensar como trabalhador.

  4. Marcelo

    Rui Palmeira sou funcionário a 15 anos nunca fomos tão humilhados como no seu governo, se prepare vou lutar com unhas e dentes para vc não se reeleger!! Qualquer um é melhor que vc!!

  5. Marcelo

    Porque vc não investiga os altos salário dos cargos comissionado que ganham altas gratificações!! Com esse prefeito o funcionário não presta!! Agora ele não faz nada e fica querendo dizer que o problema da prefeitura mas não é!! Agora quero ver se os funcionários da prefeitura vão ter vergonha na cara para não votar nesse Rui palmeira!

  6. Julio

    Só esqueceu de falar que pra chegar no fim da carreira tem que já ter passado da idade de se aposentar e possuir o título de doutor.

  7. Fabinho Costa Pessoa

    Gostaria que o blogueiro não fosse leviano e mostrasse o professor que recebe R$ 11 mil reais, pois pelo que ele relata qualquer professor em final de carreira recebi esse valor! R$ 11 mil reais para um professor que tem Doutorado é uma verdadeira miséria e muito dificilmente ele continuará na carreira de professor municipal, tendo uma qualificação como essa, bem melhor ser blogueiro de qualquer “jornaleco” que só precisa saber ler e escrever e talvez receba até mais que essa “fortuna” de R$ 11 mil!!!

    1. Luciana

      Concordo plenamente com você; um absurdo esse senhor falar desse jeito denegrindo a imagem do professor, que diga-se e passagem ganha muito mal.

  8. Van Silva

    Mentira da gota!!! Pode até ser que na teoria isso aconteça, mas na prática que é bom, NADA! Eles não veem nem a cor do dinheiro.

  9. Nathaly Cavalcante

    Faltou comentar sobre os servidores administrativos, que muitos ganham MENOS que esse salário inicial que foi informado, e com salário mínimo não reajustado, devido ao “anuênio”. Também vale ressaltar que muitos, mas muitos servidores aguardam anos para ter o direito de progressões, insalubridade, subir no plano de cargos e carreiras. Infelizmente precisamos lutar bastante, algumas vezes na justiça, para receber o que nos é garantido por lei.

  10. Professora

    Bom dia Edivaldo!
    Para um professor receber 11 mil reais só se tiver doutorado e estiver prestes a se aposentar.

  11. Jane Costa

    Sou professora da rede e se faz necessário que se esclareça alguns pontos em equívoco. De acordo com o PCC do magistério mudamos de classe (1 a ¨6) de 3 em 3 anos. Houve um erro em nosso PCC (Plano de Cargos e Carreira) que nunca foi corrigido: Se mudamos de classe de 3 em 3 anos, ficamos estacionados na carreira aos 15 anos de contribuição na classe 6 e nela somos enquadrados até o fim da carreira que é aos 25 anos de contribuição, como não houve uma extensão dessa classificação até os 25 anos de contribuição, nós professores, que como eu já estou prestes a fazer 20 anos de profissão estamos sendo lesados. Esse valos apontado na reportagem não condiz com nossa realidade.

Comments are closed.