Câmara Federal mobiliza debate para defender setor sucroenergético nacional
   9 de junho de 2015   │     17:34  │  0

O setor sucroenergético nacional está passando por um período de crise. A problemática do endividamento das usinas e a perda de produtividade diante da gasolina, fecharam 58 unidades só na região Centro-Sul do Brasil, sendo 12 só no decorrer deste ano. Diante deste cenário, 60 mil postos de trabalho foram extintos. Em Alagoas, a agroindústria da cana representa cerca de 20% do PIB, sendo o maior gerador de emprego e renda no Estado.

Foi com essa justificativa que o deputado federal João Henrique Caldas (PS-AL) teve a inciativa de instalar uma Comissão Geral no Plenário da Câmara, com objetivo de debater a crise financeira que atravessa o setor sucroenergético brasileiro e que vem causando sérios prejuízos a agroindústria canavieira. A sessão será realizada nesta quarta-feira (10), às 10h, em Brasília.

“Vamos fazer fazer dessa Comissão Geral um dia de mobilização nacional em defesa do setor. É importante todos participarem, principalmente nós, alagoanos, que estamos sofrendo com a crise que afeta a indústria da cana. Precisamos da participação do fornecedor, trabalhador, industrial, além da sociedade civil, que podem fazer suas perguntas diretas aos deputados e àqueles que estão envolvidos na audiência”, alerta o deputado JHC.

Alagoas
Representando o setor sucroenergético alagoano, estará o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira, que será um dos oradores. O convite foi uma indicação dos partidos: PSDB, PR e PDT. O vice-presidente e o diretor financeiro da Asplana, respectivamente, Edgar Filho e Fabiano França, também estarão presentes na sessão da Comissão Geral.

A importância da participação de todos no debate do cenário de crise, alerta o deputado JHC, é de extrema importância. “Vamos tentar chegar aos quatro cantos do país, como uma rede de compartilhamento, para avisar a todos sobre a reunião em defesa do setor sucroenergético, que será feira aqui, na Casa de Leis do nosso país. O setor sucroenergético gera dividendos na ordem de US$ 40 bilhões para o PIB brasileiro”, reforçou.

O Dia Nacional de Mobilização em Defesa do Setor Sucroenergético é uma iniciativa da Frente Parlamentar pela Valorização do Setor Sucroenergético e conta com o apoio da bancada alagoana no Congresso Nacional.

Os endereços eletrônicos para acompanhar a reunião da Comissão Geral e enviar perguntas são: TV Câmara; telefone 0800 619 619 ou o portal digital edemocracia.gov.br.