ALE discute LDO no dia 25: corte de gastos será maior em 2016
   22 de junho de 2015   │     19:29  │  0

A Assembleia Legislativa marcou para o próximo dia 25 a sessão pública que vai discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias, enviada pelo Executivo para o Legislativo no dia 18 de maio.

A sessão será ao público: “quem tiver interesse pode participar”, avisa o líder do governo, Ronaldo Medeiros.

A LDO pode ser votada em plenário ainda no dia 25 ou no, no máximo, dia 30, último dia antes do recesso da ALE, acredita Medeiros: “O presidente (Luiz Dantas) já convocou a sessão pública e vai colocar a LDO em votação dentro do prazo”.

Cortando no “osso”

A LDO de 2016 prevê um cenário ainda mais duro para as contas do estado no próximo ano.

Em 2014 o governo fechou a execução orçamentária déficit primário de R$ 279 milhões. A expectativa este ano é “virar a página” chegar a um resultado primário (superávit) para o exercício de 2015 de R$ 375,8 milhões.

E para atingir esses números o governo vai poupar tudo – menos faca. Os corte de gastos será ainda mais profundo.

Em seu texto, a LDO 2016 prevê uma redução maior de gastos e o aumento do superávit para os próximos anos: “A análise… indica a manutenção de um nível de superávit primário em torno de R$ 450 milhões, representando um forte ajuste após o Estado ter incorrido em um déficit primário da ordem de R$ 279 milhões em 2014”, aponta o projeto enviado para a ALE.