Deputados vão dar o ‘troco’ e governo pode ter 1ª derrota na ALE    
   22 de julho de 2015   │     18:54  │  0

 O clima de insatisfação dos deputados estaduais com o Palácio dos Palmares é crescente. E quanto mais o tempo passa, mais forte é tom da cobrança.

“Cansados de esperar” por promessas de campanha ainda não cumpridas, alguns deputados da base do governo começam a dar sinais de que vão impor a primeira derrota numa votação ao governo de Renan Filho.

“Hoje é questão fechada. A emenda que aumenta o valor do orçamento impositivo (de emendas parlamentares) de R$ 36 para R$ 72  milhões na LDO, será aprovada por mais de dois terço dos deputados”, avisa um parlamentar da base do governo.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2016 será votada no próximo dia 4 de agosto. Pelo que se sabe, o governo não tem o menor interesse que essa emenda – que aumenta o poder de independência dos parlamentares e o valor da emenda individual de R$ 1,3 milhão para R$ 2,6 milhões – seja aprovada. Mas tudo indica que será.

A insatisfação dos deputados, claro, é resultado da falta de espaço político no governo. São poucos cargos indicados até agora pelos parlamentares. Alguns aliados não conseguiram, até o momento, nomear ninguém. “Desse jeito, o governo vai terminar enfrentando dificuldades para aprovar não só a LDO sem emendas, como outras matérias do seu interesse”, avisa o deputado.