RF garante recursos para programa do leite até final de 2016
   12 de agosto de 2015   │     18:58  │  1

Registrei aqui (http://wp.me/p2Awck-2Oh) recentemente, que mais de 4 mil agricultores familiares que participam do programa do leite em Alagoas vivem momento de angústia.

Nas últimas semanas tem circulado a informação de que o programa do leite poderia acabar em Alagoas. De fato, poderia. O convênio em vigor com o Ministério do Desenvolvimento Social termina no próximo dia 31 de agosto.

Além disso, com o contingenciamento do Orçamento federal, o MDS chegou a sinalizar que não teria recursos para a continuidade do programa, mesmo que o convênio fosse prorrogado.

A situação foi, enfim, resolvida numa audiência entre o governador Renan Filho e ministra Tereza Campello, nesta quarta-feira, 12.

“Ficou tudo resolvido. Assegurei o compromisso de antecipar R$ 5 milhões e eles prorrogaram o contrato para dezembro de 2016 e vão liberar mais R$ 12 milhões esse ano ainda. Esse acordo garante mais R$ 100 milhões para o Programa do Leite”, aponta o governador.

Programa beneficia 80 mil  famílias

Considerado modelo pelo Ministério do Desenvolvimento Social, o programa do leite atende em Alagoas 80 mil famílias carentes com a distribuição de um litro de leite por dia para cada uma e cerca de 4,2 mil agricultores familiares.

Diferente de outros estados, a gestão do programa em Alagoas é feita pelo governo, através da Secretaria de Agricultura por duas cooperativas (CPLA e Coopaz). O modelo alagoano garante a inclusão produtiva dos agricultores familiares e uma distribuição eficiente, realizada através de 12 laticínios que prestam serviços ao programa.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.