BNB financiou R$ 147 milhões para a implantação da Portebello
   9 de setembro de 2015   │     19:22  │  0

Com investimentos de R$ 210 milhões, a fábrica da Portobello será inaugurada na nesta quinta-feira, no Polo de Marechal Deodoro.  Desse total, cerca de R$ 147 milhões são de financiamento feito pelo BNB em Alagoas, com recursos do FNE.

O Baco do Nordeste, antecipa o seu superintendente no Estado, César de Santana,  também está analisando propostas de financiamento para a implantação de empresas do “cluster” da Cerâmica, criado a partir da instalação da nova fábrica.

“São empresas satélites, que vão se instalar no Estado para prestar serviços para a Portobello. Temos conversado com empresas do setor químico (esmaltes para pisos), de paletes e de embalagens. Como as negociações estão no começo, não podemos revelar nomes ou valores”, explica o superintendente.

Versão oficial

O BNB distribuiu texto sobre o investimento na Portobello. Veja:

Com o apoio do Banco do Nordeste, fábrica de cerâmica será inaugurada nesta quinta-feira

Maceió-AL, 9 de setembro de 2015 –  Nesta quinta-feira, 10, o Polo Industrial de Marechal  Deodoro receberá a inauguração e abertura oficial da Fábrica Pointer, pertencente ao Grupo Portobello. Para o empreendimento, o grupo contou com o apoio do Banco do Nordeste, que financiou, , com recursos oriundos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE), R$ 147 milhões, mais de 50% do total aplicado.

Com o financiamento, o Banco do Nordeste busca, em parceria com o estado, o fortalecimento das cadeias produtivas em Alagoas e a geração de emprego e renda.  Com o funcionamento da fábrica, serão gerados 400 postos de trabalho diretos e, pelo menos, cerca de cem empregos indiretos,  contribuindo com a diminuição da dependência do setor sucroenergético.

Como efeitos imediatos, haverá a implantação de uma fábrica de pallets, em que boa parte da produção será destinada à Portobello. Já está em fase de negociação a instalação de uma fábrica de embalagem que demandará a contratação de serviços com empresas de logística, comunicação de dados, entre outras atividades.

Instalada numa área de 1 milhão de metros quadrados, com 50 mil metros quadrados de área construída, a capacidade produtiva da fábrica é de aproximadamente 30 milhões de metros quadrados por mês. A  unidade produtora de revestimentos cerâmicos terá  foco nas classes B e C.