Quintella diz que aeroporto de Arapiraca é prioritário e promete fingers no de Maceió
   27 de agosto de 2016   │     16:21  │  0

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil,  Maurício Quintella, anunciou, esta semana o início da construção do aeroporto de Maragogi para o próximo ano. Foi o suficiente para se ver envolvido um “imbróglio” em torno do projeto de do aeroporto de Arapiraca.

A “leitura”, imediata, é que o aeroporto da capital do agreste ficaria no papel. Não é bem assim, esclarece Quintella.

“O aeroporte de Arapiraca continua nas nossas prioridades”, aponta.

Segundo o ministro, o projeto de Maragogi está pronto, a área está definida, faltando apenas alguns ajustes, o que deve acontecer o mais rapidamente possível.

No caso de Arapiraca, explica, o problema é que há apenas uma área escolhida: “não, ainda, um projeto, nem mesmo o estudo de viabilidade”, pondera.

Maurício Quintella explicou que o governo definiu, em 2013, a construção e ampliação de 274 aeroportos, com os projetos sob a responsabilidade do Banco do Brasil. Segundo ele, não há nenhum deles pronto, completamente. “Restaram, nesse primeiro momento, 53 obras que vamos iniciar a partir do próximo ano”.

No caso do aeroporto de Arapiraca, “uma obra estratégica para Alagoas”, o ministro promete trabalhar para que o projeto seja feito: “em seguida vamos garantir os recursos para sua execução”, aponta.

Aeroporto de Maceió ganha novos fingers

Maurício Quintella adianta que o primeiro dos quatro fingers que estão sendo trazidos de Florianopólis para Maceió tinha previsão de chegada no dia 22 de agosto.

“Algumas melhorias do aeroporto, como a cobertura do estacionamento já estão prontas. As pontes de embarque já passaram pela adaptação e até o final de setembro as pontes de embarque estão funcionando. Essa é uma ação que contou com o empenho de toda a bancada federal e do governo do estado”, pondera.

Gravei entrevista com o ministro sobre o aeroporto e o porto de Maceió. Veja:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *