Empresários e pecuaristas “dominam” as profissões entre prefeitos eleitos em AL
   7 de outubro de 2016   │     18:21  │  0

Entre as profissões declaradas oficialmente ao TSE pelos prefeitos eleitos e reeleitos em Alagoas nas eleições de 2 de outubro, predominam atividades ligadas ao setor privado e profissionais liberais.

De acordo com o TSE, dos 101 prefeitos eleitos no  domingo, 16 se declaram como empresários (Nen  de Olho D’Água das Flores, Cacau de Marechal Deodoro e Joãozinho Pereira de Teotonio Vilela, entre outros), 11 pecuaristas (Palmery de Cajueiro, Geraldo Filho de Carneiros  e Ediel Leite de Craíbas, entre outros).

Ainda no setor privado,  7 prefeitos eleitos se declaram comerciantes e 6 agricultores. Nas profissões liberais aparecem 7 advogados, 2 corretores de imóveis, 4 médicos, 4 administradores e 1 enfermeiro.

Dos 101 eleitos, 8 declaram como atividade o cargo de prefeito (Gustavo Feijó, em Boca da Mata, Joaquim Beltrão, em Coruripe, Juliana Almeida, em Mar  Vermelho e Marcius Beltrão, em Penedo, entre outros), 5 servidores públicos municipais, 3 donas de casa (Vânia do Passo, de Passo de Camaragibe,  Lucia de Vasco, de Novo Lino e Dona Vera Dantas de Igreja nova)e três vereadores (Júlio Cesar, em Palmeira dos Índios, Pino, em Campestre e Edson Mateus, em Santa Luzia do Norte)

Faça sua pesquisa

Para pesquisar as profissões e outros detalhes dos prefeitos e vereadores eleitos, acesse o site do TRE:  http://www.tse.jus.br/eleicoes/estatisticas/estatisticas-eleitorais-2016/resultados

profissoes prefeitos eleitoes