Leitor reclama de atendimento do Ministério do Trabalho em Alagoas
   28 de outubro de 2016   │     15:01  │  0

Reproduzo, a seguir, reclamação do leitor Aldo Silva, que publicou e-mail enviado para o Ministério do Trabalho nos comentários do blog.

Veja:

Prezados Senhores,

Referente a emissão da Carteira de Trabalho em Alagoas, informo que o atendimento realizado no prédio da Superintendência do Ministério do Trabalho, localizada no Centro de Maceió(AL), a prestação deste serviço é precário, chegando ao ponto de não existir. Relatando o que aconteceu comigo: No dia 16/09/2016, fiz o agendamento via internet para Emissão da Carteira de Trabalho Brasileiro do meu filho, o qual foi programado para o dia 26/10/2016 às 16h:30min. No dia previamente agendado, cheguei ao local com antecedência de 1 hora (15h:30min), onde constatei que haviam sete pessoas para serem atendidas, sendo que duas delas estavam nos guichês de atendimento desde às 14h:30min, permanecendo todas sem atendimento até às 17h:40min, horário em que indaguei a atendente sobre a demora no atendimento, se o problema era local ou nacional? o que a mesma respondeu que o problema era local, pois a velocidade de internet daquele local é por demais lento, o que afirmei que, conforme constatado o sistema não é lento, é “parado”, pois haviam pessoas sem atendimento e que estavam esperando há mais de três horas e meia para realização do serviço e sem solução nenhuma.
Após ficar esperando por quase três horas e não sendo atendido, tive que fazer o reagendamento no local, que foi marcado para 19 de dezembro de 2016, absurdo total!!!
Conforme o relato descrito acima, solicito desta Ouvidoria que obtenha informações da Superintendência em Alagoas o porque a velocidade de internet local, fundamental para prestação do serviço, não condizer com a realidade tecnológica disponível na atualidade, necessária para o melhor desempenho dos trabalhos dos seus servidores e para melhor atendimento a população alagoana que tanto necessita deste serviço com eficiência, qualidade, competência e responsabilidade. Enfim, com a palavra o Superintendente do Ministério do Trabalho em Alagoas.

Atenciosamente,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *