Apesar das “pendengas”, Alagoas foi o estado que mais reduziu a violência no país
   2 de novembro de 2016   │     20:51  │  2

Os secretários Lima Junior (Segurança Pública) e Enio Lins (Comunicação) concedem entrevista coletiva, às 9h desta quinta-feira 3, para “dirimir quaisquer dúvidas a respeito dos dados enviados ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que tem causado interpretações duvidosas”, diz nota da Agência Alagoas.

A coletiva foi convocada depois da publicação de dados preliminares do Anuário Brasileiro de Segurança Pública (os números definitivos serão divulgados também nesta quinta) e de publicação de um site nacional que questionou os números da Segurança Pública de Alagoas.

A redução de mortes violentas intencionais no estado teria sido de 17,7% e não 20,8%, como divulgado na semana passada. O erro de tabulação foi atribuído ao FBSP.

Os números preliminares do anuário apontam que teriam ocorrido 1.696 mortes em 2015, enquanto a SSP já havia divulgado que teriam sido 1.810 CVLIs (Crimes Violentos Letais Intencionais).  Em 2014 foram 2.129 mortes. Seja qual for a base de comparação, Alagoas vai registrar a maior redução de mortes intencionais do país.

De quem foi o erro?

Os números estão no site da SSP desde o final de 2015 e início de 2016. O primeiro boletim mensal de estatística criminal de 2016 já aponta os dados de 2015 com 1.810 mortes. São dados públicos que podem ser acessados neste link http://seguranca.al.gov.br/estatisticas/6/ .

No próprio anuário, Alagoas aparece no Grupo 1, que segundo qualidade estimada dos dados registrados “tem maior qualidade das informações”.

A pendenga na imprensa foi criada depois que o governo do estado reproduziu os números do anuário, que apontam para uma redução de 20,8%.  Um pequeno detalhe que não muda um fato importante: Alagoas deixou de ser o estado mais violento do país.

Para quem está vivo é sim motivo de comemoração. Resta torcer, claro, para que o estado continue avançando nesta área.

Veja aqui os números do anuário: anuario segurança pública mvi

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. alagoano

    desde que o teotonio entrou até hoje todos os dados governamentais sobre saúde e segurança pública são todos fictícios e nunca foram confiáveis porque a ONU diz que no Brasil se mata mais pessoas do que na guerra da síria ai vem o governo de onde justamente das Alagoas pra dizer que diminuiu os altos índices de violência, parece piada de circo num estado falido com tantos políticos que chaga faz vergonha……….

  2. Mãe

    Só vou comemorar quando puder colocar meu pé pra fora de casa e me sentir – de verdade – minimamente segura. Vivemos trancados em nossas casas! Atrás de grades e muros como se fôssemos criminosos! Ainda estamos numa “Síria litorânea”. Todo dia tem gente assassinada como gado. Não são números… São seres humanos e familiares sofrem a falta.

Comments are closed.