RF “cede” a pressão e outros poderes terão reajuste maior do duodécimo
   14 de dezembro de 2016   │     22:32  │  2

O governador Renan Filho “liberou” reajustes maiores para o duodécimo dos outros poderes no Orçamento de 2017.

A proposta inicial era de um aumento linear de 4,1%. Era. O texto enviado pelo governo para o Legislativo está sendo modificado através de emendas na Assembleia Legislativa.

A “flexibilização” veio depois de conversas do governador com os chefes de outros poderes e será maior para o Judiciário e o Ministério Público Estadual.

A proposta do governo, de 4,1%, mudou após aprovação de emendas na comissão de Orçamento da ALE, presidida  pelo deputado estadual Inácio Loiola.

Após as mudanças, o Legislativo (ALE e TC) deve ficar com de reajuste para 5%. O Tribunal de Justiça vai ter aumento de 6% e o MPE, que tem alegado maiores dificuldades, terá 7,8% – o maior percentual.

Recentemente o governador Renan Filho explicou a um interlocutor que decidiu “ceder” na questão do duodécimo depois de ter conversado com dirigentes do TJ e MPE, “por compreender as necessidades destes poderes, apesar de todas as dificuldades financeiras do Estado”.

Se aprovado com esses percentuais, segundo fonte do Palácio dos Palmares, o percentual do duodécimo dos poderes no Orçamento não deve ser vetado pelo governador. A expectativa é que a Assembleia Legislativa  aprove a LOA até a próxima semana.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. jezualdo

    Agora tá explicado o porque deste Estado mais Pobre dos mais Pobres do Brasil não ter dinheiro nem pra Lei de aumento dos servidores e nem para sair do buraco. Os poderes sempre se vendendo para fazer as vontades do reinãozinho.
    Alagoas nunca vai sair da miséria com tamanho dos ricos miseráveis de Alagoas.
    Parabéns reinãozinho, faz bem seu papel de comprar com aumento do duodécimo.

  2. Fernando

    E os servidores públicos que já estão com os salários mais que defasados ficam com ZERO (0%) de reposição salarial… Uma triste realidade total descaso do governador para com quem faz efetivamente o Estado funcionar.

Comments are closed.