“Oposição na ALE deve parar de obstruir projetos como rateio do Fundeb e redução do IPVA”
   17 de dezembro de 2016   │     19:30  │  4

Por falta de quórum, a Assembleia Legislativa  de Alagoas não conseguiu realizar, na sexta-feira, 16, a sessão ordinária pelo presidente da Casa, Luiz Dantas.

Uma nova sessão ordinária foi convocada para a segunda-feira, 19.

O esforço é para agilizar a votação de matérias de interesse do Executivo e do Estado, principalmente o Orçamento, que dependem de prazos contados pela realização de sessões ordinárias.

A votação do Orçamento e de outras matérias, como rateio do Fundeb para professores da rede pública e a redução do IPVA tem sido obstruídas com pedidos de vistas e outras manobras de deputados da oposição ou deputados da base do governo que anda insatisfeitos na relação com o Palácio dos Palmares.

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Ronaldo Medeiros (PMDB), acredita que os deputados da oposição devem mudar de estratégia nas próximas sessões: “é o que esperamos. Muitas matérias deixaram de ser votadas essa semana porque alguns colegas obstruíram a votação com pedidos de vista”, aponta.

A expectativa de Medeiros é que a ALE aprove os projetos do governo que estão na Casa, na próxima semana: “eu acredito que os parlamentares, que estão hoje tentando obstruir a votação de matérias importantes como a redução do IPVA, o rateio do Fundeb e a redução e parcelamento do ITCD vão mudar de estratégia, até porque a pressão popular deve ser forte”, pondera.

Em outras palavras, Medeiros avalia que a oposição e os “insatisfeitos” não vão querer ficar com o ônus de obstruir a votação de medidas que beneficiam a população: “as matérias que estão hoje em pauta são de interesse do estado e da sociedade. A obstrução é feita para atingir o governo, mas pode atingir a todos se as matérias não forem votadas ainda este ano”, enfatiza.

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. pedro filho

    Eles, pensando que atingem o governo, se enganam. Só os professores, seus eleitores, são prejudicados.
    Só você, mais um ano, disponibiliza essa informação sobre o rateio. Nenhum outro site ou blogueiro trás essa informação. Parabéns.

    Reply
  2. Izaias Lino

    Espero que esses deputados sirvam para alguma coisa. Pois estava pensando em transferir meus carros para Sergipe, onde a alíquota é de 2%. Só não fiz isso porque ouvi o governador dizer que ia reduzir. No entanto, ainda achei muito pouco a redução. Saiu de 4 para 3,25. Deveria voltar ao que era antes. Pois pode ser que não seja tão vantajoso assim para o estado. Uma vez que aumenta….as pessoas transferem os carros para outros estados e, também, a venda de carros acima de 160 HP e motos acima de 400cc, deve ter diminuído drasticamente no estado. Pois está muito caro possuir veículos em Alagoas.
    Logo, espero que esses sangue suga da assembléia votem essa matéria o quanto antes. Pois para aumentar eles votaram rapidinho.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *