Deputados aprovam rateio do Fundeb e redução da alíquota do IPVA
   22 de dezembro de 2016   │     6:52  │  4

De uma só tacada, os deputados estaduais aprovaram, na sessão da Assembleia Legislativa desta quarta-feira dez projetos de lei. Entre as matérias aprovadas estão as propostas que autoriza o Executivo a pagar o rateio do Fundeb para professores da rede estadual de ensino e a redução das alíquotas do IPVA.

Estes dois projetos foram abordados aqui: Redução de IPVA em AL passa dos 20% e será maior para veículos mais caros (http://wp.me/p6TEFy-3Ip e  Rateio do Fundeb será menor este ano: projeto vai para a ALE esta semana (http://wp.me/p6TEFy-3I3).

Os dois projetos devem ser sancionados ainda esta semana pelo governador Renan Filho. No caso do Fundeb, o pagamento será equivalente a pouco mais de uma folha salarial, algo entre R$ 25 milhões e R$ 35 milhões.

Já o projeto do IPVA, segundo o líder do governo, além de reduzir as alíquotas em quase 20%, também institui o parcelamento do pagamento do imposto em até seis vezes e desconto de 10% para quitação do imposto em parcela única. “São projetos importantes, que beneficiam milhares de alagoanos e que precisavam ser aprovados ainda este ano”, aponta Ronaldo Medeiros.

O site da Assembleia Legislativa  traz texto sobre a aprovação dos projetos. Veja:

Plenário aprova projeto que reduz alíquotas do IPVA

Durante a sessão desta quarta-feira, 21, o plenário da Assembleia Legislativa aprovou dez projetos de lei, um projeto de lei complementar e sete indicações. Dentre os projetos aprovados, destaque para o que altera a lei estadual n° 6.555, de 30 de dezembro de 2004, que dispõe sobre o tratamento tributário relativo ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A proposta, que foi aprovada com emendas, reduz a alíquota do imposto de acordo com a condição econômica dos contribuintes, tomando como base a potência do veículo e concedendo desconto de 10% para seu recolhimento integral em cota única.

Outros projetos de lei aprovados:

– Altera a lei estadual nº 7.070, de 15 de julho de 2009, que autoriza o Poder Executivo a contratar e garantir financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no âmbito do programa de modernização da administração das receitas e da gestão fiscal, financeira e patrimonial das administrações estaduais – Autoria do Poder Executivo;

– altera a lei estadual n° 4.418, de 28 de dezembro de 1992, que institui o código tributário do Estado de Alagoas – autoria do Poder Executivo (estabelece normas gerais sobre o tratamento diferenciado e favorecido a ser dispensado às microempresas e empresas de pequeno porte no âmbito dos poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios);

– Dispõe sobre o rateio das sobras de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) com os servidores em efetivo exercício no magistério da educação básica, e dá outras providências (autoria do Poder Executivo).

Leia aqui o texto na íntegra: http://al.al.leg.br/comunicacao/noticias/plenario-aprova-projeto-que-reduz-aliquotas-do-ipva

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Ana Nascimento

    A aprovação do rateio é uma simples obrigação a ser cumprida. Fico só imaginando o que foi feito,realmente,com do dinheiro do fundeb. Aprovar 1folha e meia(como comentários anteriores ) é chamar o profissional da área da educação de incapaz de raciocínio . Não tivemos reajuste salarial,formações que não são realizadas entre outras coisas. E o governo acha que seu papel está sendo cumprido. Lamentável. Onde está o sinteal? ???ah,no mesmo lugar onde na época do reajuste da nossa data base!!!!!

  2. Cacau

    O Governador deveria liberar de imediato o rateio para os professores. Pelo menos isso já que não tem valorização da classe.

  3. Pedro filho

    Mais uma informação útil para professores e para quem tem veículo.
    Como sempre. Parabéns.
    Porque será que só você divulga? Se algum outro site ou blogueiro divulga eu ainda não li.

Comments are closed.