Aliança entre Marcelo e Rui ganha força e pode viabilizar projetos para 2018
   28 de dezembro de 2016   │     18:32  │  1

Reeleito num confronto direto com o governador Renan Filho (PMDB), o prefeito de Maceió Rui Palmeira (PSDB) é apontado como um dos nomes mais forte para um eventual confronto em torno do Palácio dos Palmares em 2018.

Nada neste momento indica que Rui leve adiante o projeto de disputar o governo nas próximas eleições.

Mas se o grupo que lhe dá apoio convencê-lo a entrar na disputa, o prefeito tem a seu favor uma aliança cada vez mais estreita com o seu vice-prefeito.

Marcelo Palmeira se revelou como um parceiro de confiança nos primeiros quatro anos de gestão e ganhou espaço não só junto ao prefeito, mas com toda equipe da prefeitura.

Outro detalhe importante: poucas pessoas sabem, mas Marcelo teve papel destacado na campanha de reeleição, especialmente na mobilização e organização de atividades de rua. O vice tem, reconhecidamente, mais desenvoltura neste quesito.

E não é só. Marcelo Palmeira, além de levar o PP, também ajudou a costurar o apoio de vereadores e a construir a chapa proporcional.

E mesmo fortalecido Marcelo não cobra mais espaços na nova gestão, que começa no dia 1º de janeiro. O senador Benedito de Lira, presidente do PP no Estado, também avisou que o partido está satisfeito com o que tem. O que o PP espera, aponta Biu, é que Rui Palmeira “continue acertando na administração”              .

Maturidade

A aproximação entre Rui e Marcelo parece ir além da política. Nas redes sociais, o vice tem postado cada vez mais fotos ao lado do prefeito (nas últimas 12 postagens no seu Instagram, seis foram de fotos ao lado do prefeito – veja montagem abaixo) e reforçado, com declarações, a amizade entre os dois: “Foram 04 anos de uma parceria leal, focada nas melhorias”.

Não custa lembrar, no entanto, que houve movimentos para trocar o vice na chapa nas eleições de Maceió este ano. Sobre esse movimento, Marcelo costuma dizer que “em meio aos fortes boatos, a maturidade de ambos prevaleceu”.

A maturidade e aproximação do prefeito e do vice deve seguir em frente na segunda gestão que começa dia 1º de janeiro. Essa dobradinha pode ajudar não só na administração da prefeitura, mas também a viabilizar novos projetos político. Mas essa é outra história.

marcelo e rui

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. indignado

    Nesse precinho…… esse cara antes do Biu de lira botar ele na política era um pequeno empresário. Hoje depois que entrou na política ele é agropecuarista também, igual ao Artur Lira.

Comments are closed.