Monthly Archives: janeiro 2017

Renan é eleito líder do PMDB no Senado e sai fortalecido
   31 de janeiro de 2017   │     18:23  │  1

O presidente do Senado, Renan Calheiros, deixa a presidência do Congresso Nacional nesta quarta-feira, 1, mas vai continuar como protagonista no Planalto.

O senador foi eleito, por aclamação, líder do PMDB no Senado, em reunião na tarde desta terça-feira, 31, em Brasília.

Com a liderança do PMDB, Renan sai fortalecido – mesmo deixando a presidência do Senado. Cá para nós, era o que ele queria.

No encontro, os senadores do PMDB também ratificaram a indicação do senador Eunício Oliveira (CE) para disputar a presidência do Senado. O nome do senador cearense, articulado com o apoio de Renan Calheiros, já era dado certo desde o final do ano passado.

A eleição para a Mesa Diretora do Senado está prevista para ocorrer nesta quarta-feira, 1º, a partir das 16h.

O nome de Renan Calheiros chegou a ser especulado para ocupar um ministério ou para a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), principal colegiado só Senado e por onde passará a indicação do novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), .

Renan Calheiros, no entanto, preferiu a liderança. Durante o recesso, Renan disse, em entrevista que ao deixar o comando Senado iria atuar como apagador de “incêndios” do governo na Casa.

Segundo reportagem do UOL, Renan Calheiros é considerado no Palácio do Planalto, como “novo Sarney” – capaz de dialogar tanto com integrantes da base aliada quanto da oposição. O que se espera, depois que ele assumir a liderança, é que passe a atuar se como principal interlocutor do governo dentro do Congresso.

A bancada do PMDB é a maior do Senado, com 19 senadores, até ontem. Pelo que se sabe, o o partido pode ampliar a bancada a partir da atuação de Renan Calheiros.

 

Fabrício é o segundo secretário escolhido por RF na equipe de George Santoro
     │     14:13  │  0

George Santoro não consegue apenas bons resultados na arrecadação. O secretário da Fazenda parece ser bom também na escalação do time.

Da sua equipe, o governador foi buscar, no começo de 2016, Hélder Lima, que era secretário adjunto da Sefaz, para assumir a Secretaria de Desenvolvimento e Turismo.

Com perfil técnico, Lima vai bem na avaliação do governador Renan Filho e seu nome chegou a ser lembrado para outras pastas.

Renan Filho acaba de pinçar mais um integrante do time de George Santoro para o primeiro escalão. O nome de Fabrício Marques foi confirmado nesta terça-feira, 31, a tarde para assumir a Secretaria de Planejamento e Gestão – uma das mais importantes do estado.

Atual secretário especial da Receita, Fabrício, assim Hélder, é alinhado com George Santoro. Foi ele que ajudou no processo de venda do Produban e na recuperação de créditos importantes, a exemplo dos R$ 100 milhões que o Estado conseguiu receber de retroativos em 2016, do setor de petróleo e gás.

Com mais um dos seus escalados para o primeiro escalão Santoro aumenta o seu poder de atuação. É claro que também cresce a responsabilidade.

Quanto a ida de Fabrício, Santoro só tem a “lamentar” a perda: “é um quadro difícil de substituir, mas tenho certeza de que ele fará uma grandegestão, dando continuidade ao trabalho do secretário Christian Teixeira”, aponta.

RF vai mudar mais 3 secretarias, além da Saúde
     │     11:22  │  3

A reforma administrativa prometida por Renan Filho após as eleições de 2016 começa a ganhar corpo. Até agora, o governador mudou o comando nas secretarias de Prevenção à Violência (Seprev) e Desenvolvimento e Assistência Social (Seades).
Nessa segunda-feira, 30, foi anunciada a saída de Rosângela Wyszomirska. Como o atual secretário de Planejamento e Gestão vai para o seu lugar, será aberta uma nova “vaga” na equipe.
Entre os possíveis nomes para o lugar de Crhistian Teixeira estão Rafael Brito (atual presidente da Desenvolve, a Agência de Fomento de Alagoas), Fabrício Marques Santos (atual secretário especial do Tesouro), Antônio Pinaud (ex-secretário de Desenvolvimento e Assistência Social) e Clara Bulgarim (Controladoria Geral do Estado).
Além de Seplag, uma importante fonte palaciana confirmou mudanças em mais duas outras secretarias: Trabalho e Ciência e Tecnologia. Sérgio Silveira e Pablo Viana, respectivamente, já foram avisados das trocas em suas secretarias.
Nas duas Pastas, diferente de Saúde e Seplag, que estão dentro da cota pessoal do governador Renan Filho, as indicações devem ser políticas e podem contemplar o PDT do deputado federal Ronaldo Lessa.
Contrariando especulações, Renan Filho não deve promover mudanças nas secretarias de Esportes nem de Cultura.
O PCdoB de Claúdia Petuba continua sendo um importante aliado da família Calheiros. Nada diferente de Mellina Freitas, filha do desembargador Washington Luiz e sobrinho do deputado estadual Inácio Loiola, que mantém grande influência política no sertão de Alagoas.

A relação do governador com o PCdoB – anote aí – vai além das questões eleitorais.  Quanto a Mellina, como revela a fonte palaciana, se não mudou antes, quando ela enfrentava pressão de todos os lados – incluindo o Ministério Público Estadual – porque mudar agora?