Inédito: Biu e Arthur, pai e filho assumem liderança do PP na Câmara e no Senado
   15 de fevereiro de 2017   │     7:55  │  1

Arthur Lira foi escolhido, nessa terça-feira, 14, líder do PP na Câmara dos Deputados. O deputado federal de Alagoas vai comandar a quarta maior bancada da Casa, com 46 deputados. Até aí, nenhum novidade, afinal, os políticos alagoanos tem se destacado na ocupação de cargos estratégicos no Congresso Nacional.

O inédito dessa história é que ao mesmo tempo o pai do deputado federal, o senador Benedito de Lira, também acaba de ser reeleito líder do PP no Senado Federal. É a primeira vez, pelo que se tem conhecimento, que pai e filho são líderes do mesmo partidos, ao mesmo tempo, nas duas casas legislativas.

Com sete senadores, o PP também tem a quarta maior bancada no Senado (mesmo tamanho do PSB, que também tem sete senadores), atrás pela ordem – nas duas Casas – do PMDB, PT e PSDB.

A escolha de Arthur repercutiu em alguns veículos de comunicação. O Estadão registrou a sua eleição. Veja:

Arthur Lira é escolhido novo líder do PP na Câmara

Estadão Conteúdo (14-02-2017)

O deputado Arthur Lira (AL) foi escolhido nesta terça-feira, 14, novo líder do PP na Câmara para o ano legislativo de 2017. Segundo a assessoria da liderança do partido, o parlamentar alagoano, que é investigado pela Operação Lava Jato, foi eleito por “aclamação”. O partido tem a quarta maior bancada da Casa, com 46 parlamentares.

Arthur Lira recebeu a liderança do deputado Aguinaldo Ribeiro (PB), que faz parte do mesmo grupo do deputado alagoano dentro do PP e é um dos nomes cotados para assumir a liderança do governo na Câmara no lugar de André Moura (PSC-SE). No ano passado, o parlamentar alagoano presidiu a Comissão Mista de Orçamento (CMO).

Em setembro de 2015, Lira e o pai dele, o senador Benedito de Lira (PP-AL), foram denunciados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, no âmbito da Lava Jato. Janot pediu a condenação dos dois pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Ambos negam irregularidades. O STF, porém, ainda não decidiu se aceita ou não as denúncias.

biu e arthur

Arthur Lira e Biu de Lira/ Foto: reprodução

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *