Cícero Almeida pode “desistir” da secretaria dos Esportes
   26 de fevereiro de 2017   │     19:14  │  0

O deputado federal Cícero Almeida não quer assumir a Secretaria dos Esportes de Alagoas antes de concluir o processo que enfrenta no TSE movido pelo PRTB.

O problema é que essa espera pode levar o próprio deputado ou o governador a mudar de planos. A um interlocutor, Renan Filho avisou que não vai poder esperar indefinidamente por uma resposta de Almeida.

O processo contra o deputado federal no TSE se arrasta há mais de um ano e não tem data para ser julgado. Se continuar assim, o governador tende a confirmar Cláudia Petuba na Pasta e a fazer mudanças em outras secretarias, “esquecendo” o convite a Almeida.

O Imbróglio

O partido de Levy Fidelix pede a cassação do mandato do parlamentar por infidelidade partidária. Almeida, como se sabe, deixou o PRTB, migrando para o PSD num primeiro momento e, depois, para o PMDB.

O convite ao deputado federal feito pelo governador para a Secretaria dos Esportes foi revelado aqui em primeira mão. Também revelamos aqui que Cícero Almeida quer se livrar da ação antes da posse, para não causar qualquer tipo de constrangimento futuro ao governo de Renan Filho.

Para encerrar a ação, o deputado acredita que tem dois caminhos – o julgamento da ação no TSE ou a desistência do PRTB. O que o partido de Levy Fidelix ganharia com isso não é pouco, convenhamos. A legenda ganharia um representante na Câmara Federal por um ano, no mínimo. Atualmente, o partido não tem nenhum deputado na Casa.

Ainda assim e mesmo depois de ter sido procurado por importantes interlocutores do deputado federal, Levy disse não – mais uma vez. “Essa possibilidade não existe”, reforça o presidente do PRTB em Alagoas, Adeilson Bezerra: “O Levy não fará isso porque poderia ser acusado de má-fé. E mesmo que fizesse, a ação seria assumida pelo Ministério Público e não seria suspensa”, reforça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *