Uma ou duas chapas? Eleição para Uveal deve ser judicializada
   23 de março de 2017   │     8:33  │  0

Marcada para o próximo sábado, 25, a eleição para a nova diretoria da União dos Vereadores de Alagoas (Uveal) pode ser decidida – literalmente – nos tribunais.

Explico. A votação será em chapa única, salvo “surpresa” de última hora.

A única chapa que teve registro aceito pela comissão eleitoral foi a Unidos Pela Uveal, encabeçada pelo vereador Fabiano Leão, do PMDB de Arapiraca.

A chapa “Por uma nova Uveal”, encabeçada pelo vereador Diomedes Rodrigues, do PSDB de Pão de Açúcar, entrou com um recurso administrativo na Uveal e outro na Justiça, para garantir o direito de manter o seu registro.

Não há nada no estatuto ou mesmo em qualquer lei que impeça o nosso registro, vamos derrubar essas se argumentações, disputar e vencer”, cutuca Diomedes.

Se o que Diomedes espera se concretizar, será uma grande reviravolta em torno do processo eleitoral na Uveal. A entidade representa 1,17 mil vereadores de Alagoas e sua eleição chegou a movimentar vários grupos, com o lançamento de pelo menos cinco pré-candidatos a presidente.

A disputa terminou afunilando para um enfrentamento entre PMDB e PSDB.

Segundo um dos integrantes da atual diretoria, a eleição será realizada no sábado, em chapa única, desde que não saia até lá decisão judicial: “o recursos administrativo foi negado porque a chapa não preencheu os critérios mínimos para sua inscrição. O que tememos é que a disputa seja judicializada e saia uma decisão de última hora suspendendo a eleição”, disse.

Outro lado

Em texto distribuído por sua assessoria de imprensa, o PSDB de Alagoas avisa que o partido segue na disputa. Veja:

PSDB continua na disputa da UVEAL

Chapa entra com recurso e diz que não há impedimento legal para registro

A chapa “Por uma nova Uveal”, encabeçada pelo vereador Diomedes Rodrigues, do PSDB de Pão de Açúcar, continua na disputa pela nova diretoria da União dos Vereadores de Alagoas (UVEAL), segundo o próprio candidato. Nesta sexta-feira, 17, ele chapa entrou com um recurso administrativo junto à entidade e outro na Justiça, para garantir o direito de manter o registro de sua candidatura.

Para Diomedes, os argumentos da Comissão Eleitoral para indeferir a sua chapa são frágeis. “Não há nada no estatuto ou mesmo em qualquer lei que impeça o nosso registro, vamos derrubar essas argumentações, disputar e vencer”, enfatizou o vereador, que tem arregimentado apoios de vários grupos políticos pelo interior do estado. “Temos proposta e credibilidade para comandar a Uveal”, afirma.

A vereadora Graça Lisboa, do PDT de Arapiraca, que está na chapa com Diomedes, está confiante de que vão ganhar a eleição. “Estamos trabalhando com muita responsabilidade, defendendo uma nova Uveal, buscando aproximar os vereadores da entidade e fazer com que a nossa representação participe dos debates decisórios da política de Alagoas”, destaca.

A eleição está prevista para o próximo dia 25 deste mês de março e fazem parte da executiva que disputa a Uveal:

Presidente – Diomedes Rodrigues

1º Vice-presidente – Thayronne Henrique

2º Vice-presidente – Tereza Nelma

Secretário geral – Domício Júnior

1º Secretário – Graça Lisboa

2º Secretário – Hildebrando Tenório de Albuquerque Neto

1º Tesoureiro – Helena Braga

2º Tesoureiro – Cícero Roberto Barros

5º – Rosivan Rodrigues”